A 1ª empresa aérea no mundo a voar com combustível feito com energia solar será a Swiss

A Swiss International Air Lines e o Grupo Lufthansa concluíram uma colaboração estratégica com a Synhelion, spin-off da ETH Zurich, para levar o combustível de aviação solar ao mercado. Isso fará da SWISS a primeira companhia aérea do mundo a usar o chamado “querosene solar”.

“Nossa parceria com a Synhelion é baseada em nossa visão compartilhada de tornar possível o voo neutro em carbono em operações regulares de voo através do uso de combustível solar”, explica o CEO da SWISS, Dieter Vranckx. “Estamos orgulhosos de que a SWISS será a primeira companhia aérea do mundo a voar com querosene solar. Em parceria com a Synhelion, estamos apoiando a inovação suíça e buscando e promovendo ativamente o desenvolvimento, a introdução no mercado e a ampliação desta tecnologia altamente promissora para a produção de combustíveis sustentáveis”.

“Acreditamos em um mundo globalizado conectado por uma mobilidade amiga do clima”, acrescenta o Dr. Philipp Furler, cofundador e CEO da Synhelion. “Nosso querosene solar neutro em carbono de próxima geração é um substituto econômica e ecologicamente viável para os combustíveis fósseis. O compromisso da SWISS e do Grupo Lufthansa destaca o grande interesse do setor de aviação em nosso combustível solar. E já estamos ansiosos pelo dia em que a primeira aeronave da SWISS decolar com nosso querosene solar.”

Luz do sol – o caminho para o voo neutro em carbono

A Synhelion desenvolveu uma tecnologia chave para a fabricação de combustível sustentável de aviação (SAF) a partir de fontes de energia renovável. O procedimento exclusivo usa calor solar concentrado para fabricar gás de síntese que pode ser sintetizado em querosene usando processos industriais padrão.

Este combustível de “sol para líquido” fecha o ciclo de carbono: quando queimado, produzirá apenas tanto CO2 quanto entrou em sua fabricação. O novo combustível contribui, assim, para a descarbonização efetiva do transporte aéreo.

A Synhelion construirá a primeira instalação do mundo para a produção industrial de combustível solar em Jülich (Alemanha) este ano. A SWISS deve se tornar o primeiro cliente do querosene solar em 2023.

Sob a colaboração agora concluída, a SWISS e o Grupo Lufthansa também apoiarão o desenvolvimento da planta de produção de combustível comercial planejada da Synhelion na Espanha.

Synhelion, SWISS, Edelweiss e o Grupo Lufthansa trabalham juntos desde 2020 para ajudar a reduzir as emissões de dióxido de carbono da aviação suíça por meio do uso de combustíveis solares.

Informações da Swiss International Air Lines

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Nos voos a Guarulhos, Sky troca de avião e agora usa...

0
A companhia chilena de baixo custo Sky Airline decidiu trocar o avião em seus voos para Guarulhos, oferecendo maior quantidade de assentos.