A partir de amanhã, as pistas do Aeroporto de Guarulhos nunca mais serão chamadas como antes

Cabeceira 09L do Aeroporto de Guarulhos – Imagem: Google Maps, via FlightRadar24

A partir de amanhã, quinta-feira, 8 de setembro, as pistas do mais movimentado terminal aéreo da América do Sul, o Aeroporto Internacional de Governador André Franco Montoro, em Guarulhos (SP), não mais serão chamadas da mesma forma.

Como visto pouco mais de um mês atrás, o Aeroporto Internacional de São Paulo passará por uma mudança de numeração de suas pistas, em que as cabeceiras 09L e 09R se tornarão 10L e 10R e as cabeceiras 27L e 27R se tornarão 28L e 28R.

Com isso, será possível notar na frequência de comunicação de tráfego aéreo que tanto os controladores de tráfego aéreo quanto os pilotos passarão a se referir, por exemplo no caso da 10L, como “pista uno zero esquerda”, ou em inglês como “runway one zero left”.

Além da mudança operacional, as pistas também precisarão passar por modificação das numerações pintas no asfalto próximo à cada cabeceira, sendo necessário o fechamento de cada uma delas por um certo período.

Com isso, na noite deste dia 7 para o dia 8 de setembro, a pista 09R/27L será fechada entre 23h30 e 02h30 do horário local (02h30 e 05h30 GMT) e a pista 09L/27R será fechada entre 02h31 e 05h30 (05h31 e 08h30 GMT). Depois, o mesmo cronograma será repetido na noite do dia 8 para o dia 9 de setembro.

Tela do sistema de Informações Aeronáuticas do Brasil informa o cronograma dos fechamentos das pistas

Nos dois players abaixo, que apresentam as câmeras ao vivo do canal Golf Oscar Romeo apontadas para o aeroporto de Guarulhos, note como nesta quarta-feira os controladores e pilotos ainda se referem às pistas como “zero nove direita”, “zero nove esquerda”, “dois sete direita” e “dois sete esquerda”, e a partir da quinta, chamarão pelas novas designações.

Também nessas imagens, será possível acompanhar ao vivo os trabalhos de mudança da pintura da numeração durante as duas madrugadas.

Como também mostrado previamente, o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) da Força Aérea Brasileira (FAB) explicou o porquê dessa necessidade de mudança nas numerações das quatro cabeceiras das pistas do aeroporto de Guarulhos. O comunicado oficial do DECEA pode ser visto novamente clicando aqui.

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Realizados 30 atendimentos já no primeiro dia do HCAMP da Força...

0
Desde a sexta-feira, dia 27 de janeiro, o hospital, levado a bordo da aeronave KC-390 Millennium, está pronto, em um tempo recorde.