Fotos: A320 tem um pedaço do cone de cauda arrancado em colisão no solo na Rússia

Neste domingo (14), uma colisão em solo no Aeroporto São Petersburgo-Pulkovo, na Rússia, envolvendo um A320neo da S7 Airlines e um A320 da Ural Airlines, provocou danos substanciais numa das aeronaves.

eronave VP-BDL envolvida no incidente. Foto de Anna Zvereva via Wikimedia Commons.

A asa de um Airbus A320neo da S7 Airlines, de matrícula VP-BWC, atingiu em cheio a cauda de um Airbus A320, matrícula VP-BDL, da Ural Airlines (VP-BDL) no aeroporto de São Petersburgo.

O A320neo seguia na via principal de táxi A até o início da pista 10R. Ao cruzar a taxiway A4, o winglet da sua asa esquerda atingiu o cone de cauda do A320 da Ural Airlines, que se encontrava também em procedimento na táxi na A4.

Por conta do impacto, a seção final do cone de cauda e parte da APU da aeronave da Ural foi arrancada e lançada ao chão. Posteriormente, o winglet do S7 cortou parte do estabilizador horizontal (elevador) direito do A320 da Ural, antes de parar.

De acordo com a 360°, no Twitter, a colisão entre as duas aeronaves já está sendo investigada pelas autoridades russas. Não houve feridos e nem derramamento de derivados de petróleo na pista por conta do incidente.

Confira as imagens do incidente:

Imagem: TV 360° via Twitter.
Imagem: TV 360° via Twitter.
Imagem: TV 360° via Twitter.

Com informações do Aviation Safety Network.

Rodnei Diniz
Engenheiro aeronáutico e mecânico, atuante em gestão de manutenção aeronáutica, aviação geral, executiva e comercial. Atento aos detalhes, gosta de ler e escrever sobre a história da aviação.

Veja outras histórias