Airbus A321 sofreu impacto de 2.6g ao tocar cauda no solo, aponta relatório

A321 operado pela American Airlines sofreu um tail strike durante arremetida no Aeroporto de Charlotte, que provocou danos substanciais na aeronave.