Início Indústria Aeronáutica Acionistas aprovam a volta da divisão de jatos comerciais à estrutura da...

Acionistas aprovam a volta da divisão de jatos comerciais à estrutura da Embraer

Embraer Energia E50-H2GT – Divulgação

A Embraer protocolou um documento na Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC), informando que aprovou, em Assembleia de Acionistas, a transferência da Yaborã Indústria Aeronáutica SA, segmento de aviação comercial que estava sendo negociado com a Boeing, de volta à estrutura principal da Embraer a partir de 1º de janeiro de 2022.

“A Transação possibilitará a reintegração do negócio de aviação comercial, o que será benéfico para a fabricante e, consequentemente, para seus acionistas, uma vez que o negócio voltará a ser desenvolvido diretamente pela Embraer, resultando na redução dos custos operacionais, sistêmicos, administrativos e tributários”, diz o comunicado.

A Embraer informa ainda que a reorganização estrutural decorrente da Transação requer a integração dos sistemas de tecnologia da informação da Embraer e da Yaborã, o que ocorrerá durante o mês de janeiro de 2022. Durante esse período, as atividades da empresa serão reduzidas, sem prejuízo da continuidade de suas operações essenciais.

A Embraer esclarece que todos os termos e condições da Operação informados no Fato Relevante datado de 28 de outubro de 2021, nos termos do Anexo 3 da Instrução CVM 565, permaneceram inalterados.

A Embraer diz que manterá seus acionistas, o mercado em geral e todos os seus funcionários, fornecedores e clientes informados sobre quaisquer desenvolvimentos relevantes.

Sair da versão mobile