Aérea americana confirma que vai receber 25 novos aviões Embraer E175 só neste ano

A companhia aérea americana Skywest divulgou seus resultados para o primeiro trimestre do ano de 2022 e, junto com eles, comentou sobre seus planos para o restante do período, incluindo a aceleração do recebimento de novas aeronaves Embraer E175 E1.

A Skywest é uma empresa que opera aeronaves regionais em nome das maiores aéreas dos Estados Unidos, como a Alaska, a Delta e a American. Sua frota é composta por um mix de aeronaves canadenses, da Bombardier, e brasileiras, da Embraer. Dos 596 aviões da frota, 216 são jatos do modelo E175.

Em termos de resultados atingidos, a empresa informou um lucro antes de impostos de US$ 25 milhões no trimestre, com tendência positiva, e também confirmou que recebeu quatro aeronaves entre janeiro e março, todas elas alocadas para a Alaska Airlines. No entanto, é daqui para frente que o ano “movimenta” para a companhia.

A SkyWest está coordenando com suas principais companhias aéreas parceiras para otimizar o tempo das próximas entregas da frota sob os contratos anunciados mais recentemente (adicionais a contratos já existentes). 

As datas de entrega futuras previstas, resumidas abaixo, são baseadas nas informações atualmente disponíveis e estão sujeitas a alterações, mas mostram que a empresa quer acelerar.

Contrato com a American Airlines

18 aeronaves foram entregues em 2021 e duas entregas são esperadas no segundo trimestre de 2022. Destas, sete aeronaves estavam em serviço regular no primeiro trimestre de 2022 e espera-se que 13 aeronaves sejam colocadas em serviço até o final de 2022

Contrato com a Delta

16 entregas de aeronaves estão previstas para o segundo semestre de 2022. Espera-se que as 16 aeronaves entrem em serviço no início de 2023

Contrato com a Alaska

Quatro aeronaves foram entregues no primeiro trimestre de 2022, seis entregas estão previstas para o segundo trimestre de 2022 e uma entrega está prevista para o primeiro semestre de 2023. Destas, 10 aeronaves estão programadas para serem colocadas em serviço em 2022 e uma aeronave em 2023

Resumo

Combinados, a SkyWest prevê colocar 47 aeronaves E175 em serviço sob esses acordos anunciados anteriormente até o início de 2023, dos quais mais 25 ainda devem ser recebidos apenas nos próximos trimestres deste ano.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias