Aérea está oferecendo comida para comissários de voo não participarem de protesto salarial

Avião Airbus A319 American Airlines
Imagem: Anna Zvereva / CC BY-SA 2.0 via Wikimedia

Convocados pela Associação de Comissários de Voo Profissionais (APFA), milhares de membros de tripulações de bordo da American Airlines deveriam participar de uma parada parcial e uma manifestação em 11 aeroportos americanos no dia 24 de janeiro, na tentativa de aumentar a pressão sobre a companhia aérea sobre um acordo coletivo de trabalho.

O sindicato tem permissão para fazer piquetes por apenas duas horas em alguns dos aeroportos mais movimentados dos EUA, incluindo Nova Iorque (JFK), Los Angeles, Chicago, Miami e Dallas. O protesto deve ser realizado no momento em que o sindicato alerta que a American Airlines está tentando enfraquecer certas cláusulas do contrato existente.

No entanto, os profissionais podem ficar tentados a aceitar outra oferta, da própria empresa aérea, que organizou um evento em suas bases, exatamente no mesmo dia do piquete, onde promete distribuir um prato de Chilli aos comissários de bordo como um “pequeno sinal de agradecimento” por seu trabalho árduo durante a movimentada temporada de férias. 

Conforme relatado por View from the Wing, a transportadora está oferecendo comida grátis para comemorar e agradecer aos comissários de bordo. E, apesar de nada impedir a empresa aérea de fazer sua ação, a data parece ter sido escolhida a dedo. Resta saber se os tripulantes vão preferir encher a barriga ou o bolso.

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

PBTur faz ação com a Azul para impulsionar venda de passagens...

0
A Azul tem sido uma grande parceira do Destino Paraíba e os resultados mostram êxito nas vendas a partir do segundo semestre de 2022.