Aérea investiga funcionários que fizeram comentários ofensivos sobre novo uniforme

Imagem: British Airways

Após 20 anos usando os mesmos padrões de vestimenta, a tradicional British Airways anunciou no último dia 6 de janeiro, seu novo uniforme para, segundo ela, levar a companhia aérea ao seu próximo capítulo. Diante da grande repercussão da nova coleção, criada pelo estilista e alfaiate Ozwald Boateng OBE, comentários dados como abusivos e depreciativos foram ditos por parte de seus colaboradores.

Por conta disso, a companhia aérea revelou nesta semana que está “investigando ativamente cada incidente” para tomar “as medidas apropriadas”, já que a coleção recebeu uma resposta mista dos próprios funcionários da empresa e centenas de comentários foram deixados em canais internos de mídia social.

Algumas comissárias de bordo se opuseram à colocação de um grande recorte triangular vermelho brilhante na saia e no vestido, bem como uma blusa “transparente” e gola masculina. Em comentários mais inflamados e contra aos 1.500 colaboradores que ajudaram nas ideias e feedbacks, os macacões confeccionados foram comparados ao traje usado pelo assassino em série fictício Hannibal Lecter.

De acordo com o site Paddle Your Own Kanoo, especializado em temas de tripulação de cabine, em um memorando interno para os colaboradores, a companhia aérea disse: “Nos últimos dias, vários de nossos próprios colegas compartilharam comentários abusivos, desrespeitosos e depreciativos nas mídias sociais”.

A companhia comenta que entende que as pessoas têm estilos e preferências individuais, mas que não irá tolerar certos tipos de comportamento, e espera que “todos os colegas sejam gentis e se tratem com respeito”.

A companhia aérea diz que os comentários negativos não representam a opinião geral dos funcionários, que ficaram “impressionados” com a qualidade do tecido usado no novo uniforme. Os trabalhadores também estão satisfeitos com o aumento do número de opções disponíveis.

Conforme informado pelo AEROIN, a nova coleção de uniforme será usada por mais de 30.000 colaboradores da companhia aérea a partir da primavera (março e junho) de 2023. A coleção apresenta um terno de três peças sob medida para homens com calças de estilo regular e slim fit e opções de vestidos, saias e calças para mulheres, bem como um macacão moderno. Uma opção de túnica e hijab também foi criada para a operadora.

De acordo com a empresa aérea, Boateng teve muito cuidado em desenhar uma coleção verdadeiramente original, inspirando-se na companhia, no povo e na arte de voar. O padrão airwave que aparece em toda a coleção de uniformes, incluindo jaquetas, camisetas, botões e gravatas, foi inspirado no movimento do ar sobre a asa de um avião. 

Leia mais:

Juliano Gianotto
Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

Aeroporto de Feira de Santana (BA) quer atrair mais companhias

0
Algumas empresas estão manifestando interesse em operar voos no aeroporto feirense, fazendo com que as expectativas aumentem.