Aerolíneas pode ter batido recorde de voo comercial mais longo de um Airbus A330

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

A Aerolíneas Argentinas pode ter batido um novo recorde, após voar para o Chipre sem escalas com um de seus Airbus A330-200 e com passageiros a bordo nesta segunda-feira (17).

Atualmente, a empresa estatal argentina já fazia o voo regular mais longo do mundo com um A330ceo, quando voava de Buenos Aires para Roma, uma rota em que o jato percorre 11.135 quilômetros em linha reta. Este voo para a Itália é feito com o A330-200 com a modificação IGW (Increased Gross Weight ou Peso Bruto Aumentado).

Na versão IGW, diversas modificações são feitas como reforço estrutural, aumento em 8 mil libras de empuxo em cada motor, além de tanques de combustíveis extras. Com isso o peso máximo de decolagem do A330-200 vai de 212 toneladas para 242 toneladas.

Agora, com a pandemia e sem voos regulares, a Aerolíneas voou seu A330 de Buenos Aires para Lanarca, no Chipre, um país localizado na parte mais a leste do Mar Mediterrâneo, já próxima da Síria. O voo foi parte de uma missão da ONU como revelou o portal parceiro Aviacionline. Soldados da Argentina que estavam em missão no Chipre fizeram a rotação habitual de uma missão de paz/guerra.

Mais longo voo do A330

Em linha reta o voo teria percorrido 12.287 quilômetros, mas o FlightRadar24 aponta que o voo teve alguns desvios, provavelmente evitando o espaço aéreo da Líbia. No total, foram 14 horas e 7 minutos de voo. O voo de volta será no sábado como AR1921, mas esse pode ter uma duração diferente devido aos ventos em rota.

Não se tem notícia de um voo de Airbus A330 com passageiros mais longo que este. No entanto, o recorde soberano, que foi marcado num voo de entrega, ou seja, sem nenhum passageiro a bordo, aconteceu com um A330 da Qantas, que voou da fábrica da Airbus em Toulouse, na França, para Melbourne, na Austrália, em um voo que percorreu 16.910 km e durou 20 horas e 4 minutos. O feito foi registrado em 9 de janeiro de 2003.

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Martins
Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias