Início Aeroportos Aeroporto de Belém adota vacinação contra Covid-19 e outras doenças

Aeroporto de Belém adota vacinação contra Covid-19 e outras doenças

Preenchimento das documentações para a vacinação no Aeroporto de Belém – Imagem: Agência Pará

O Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), instalou na última sexta-feira (03), na área de desembarque do Aeroporto Internacional de Belém/Val-de-Cans – Júlio Cezar Ribeiro, um espaço de vacinação contra a Covid-19, que funciona simultaneamente com a Central de Testagem RT-PCR, em atividade desde julho deste ano. A ação disponibiliza doses das vacinas Oxford/AstraZeneca, Coronavac/Sinovac e Pfizer, além das vacinas contra Influenza e a Tríplice Viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba.

A ação passa a funcionar diariamente, das 8 às 18 h, por tempo indeterminado. A decisão de vacinar pessoas no Aeroporto atende a uma estratégia do governo do Estado que visa elevar a cobertura vacinal contra a Covid-19 em todo o Pará.

A abordagem dura de 3 a 5 minutos, e não toma muito tempo do passageiro, que fornece alguns dados, sobretudo onde ficará no Estado. No caso da vacinação, a aplicação será para quem busca a 1ª, 2ª e 3ª dose (reforço), após cinco meses da segunda dose. Para participar é necessário levar CPF e comprovante das doses já realizadas, seja por meio da carteira impressa ou pelo aplicativo “Conecte SUS”.

Assim como vem ocorrendo com o fluxo de testagens, a vacinação é voluntária e os passageiros são abordados por técnicos da Sespa já na sala de desembarque. Na sequência, são atendidos pelos profissionais da Secretaria para o preenchimento de ficha com dados pessoais e realização da vacinação ou da coleta de Swab para o exame contra a Covid-19.

“A expectativa é que tenhamos mais pessoas protegidas e possamos melhorar nossa cobertura vacinal”, reitera o secretário de Estado de Saúde Pública do Pará, Rômulo Rodovalho.

Exemplo em outros aeroportos

O Aeroporto de Salvador (BA), adotou uma mobilização pela vacinação no terminal de desembarque no último sábado até às 18:00 do mesmo dia, em uma ação conjunta das Secretarias Municipal e Estadual da Saúde com o apoio da Anvisa e a administração do Aeroporto.

E também, como informado anteriormente pelo AEROIN, a Secretária de Saúde do Distrito Federal (SES) está com planos em parceria com o Aeroporto Internacional de Brasília para uma possível instalação de um ponto de vacinação contra a Covid-19 no terminal do aeroporto.

As negociações acontecem entre a Secretaria de Saúde do Distrito Federal, Infraero e Inframerica, concessionária do Aeroporto de Brasília.

Com informações da Agência Pará e Secretaria Municipal da Saúde/Prefeitura de Salvador

Sair da versão mobile