Aeroporto de Guarapari (ES) pode ter operações suspensas por irregularidades

Aeroporto de Guarapari – Imagem: Google Earth

O Aeroporto de Guarapari (ES), situado na famosa Praia do Morro, corre risco de ter suas operações de pouso e decolagem suspensas pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) devido à falta de cercamento no entorno do aeródromo, entre outros problemas.

Segundo informações do Tribuna Online, a administração do aeroporto, que é realizada pela prefeitura do município, foi notificada sobre a situação no dia 27 de abril por meio de um relatório.

No dia 01 do mesmo mês, o órgão do Ministério da Infraestrutura realizou uma inspeção no local e constatou a falta de barreira, esclarecendo a importância do item, que evita a entrada de animais e pessoas não autorizadas nas áreas operacionais, prevenindo que incidentes aconteçam.

Além disso, a ANAC constatou balizamento inoperante e defeitos na superfície da pista de pousos e decolagens.

Saguão do Aeroporto de Guarapari (ES) – Imagem: Governo do Estado do Espírito Santo

No documento recebido pelas autoridades do aeroporto, o Relatório de Inspeção Aeroportuária (RIA) indica que o aeródromo possui 30 dias (a partir do recebimento do relatório) para divulgar à agência as ações que estão sendo tomadas para a correção das irregularidades. Caso essa resposta não seja enviada à ANAC, uma das ações possíveis por parte do órgão é a suspensão de operações no aeroporto, além de multa.

O vereador da cidade de Guarapari, Rodrigo Borges (Republicanos), que tem como uma de suas bases eleitorais a área do aeroporto da cidade, denuncia à imprensa a situação precária do local: “Aqui na rua Aliança, que faz divisa com o aeroporto municipal, tem o que resta de um alambrado, o que não impede a passagem de animais e até pessoas. É um perigo isso. As pessoas podem entrar aqui a qualquer momento e de qualquer forma. Passa avião o tempo todo, e as crianças ficam correndo esse perigo”.

O aeroporto já chegou a receber voos da Azul Conecta para Belo Horizonte (MG), mas não prossegue mais com a rota.

Leia também:

Arthur Gimenes Prado
Arthur Gimenes Prado
Estudante do Ensino Médio, 15 anos, foi repórter na TV Cultura Paulista e Rádio Morada do Sol FM, também com passagem como colunista no Portal do Andreoli e participações especiais na Record News, Rádio CBN e EPTV.

Veja outras histórias