Aeroporto de Porto Alegre volta a oferecer testagem para COVID-19 após variante Ômicron

Aeroporto de Porto Alegre – Imagem: Prefeitura de Porto Alegre

Após a confirmação de casos da Ômicron, nova variante do coronavírus proveniente da África do Sul, em diferentes países do mundo, a Prefeitura de Porto Alegre, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), decidiu retomar a oferta de testagem com exame RT-PCR para COVID-19 aos passageiros que chegam à Capital pelo Aeroporto Salgado Filho.

O objetivo, de acordo com o diretor da Vigilância em Saúde, Fernando Ritter, é manter a vigilância na possível entrada da nova cepa na cidade: “A ômicron tem revelado um ritmo de transmissão alto, similar a de outras variantes, como a Delta. Por isso estamos atentos e precisamos reforçar os cuidados”. Até o momento, não há casos da nova variante confirmados no Brasil, bem como casos de óbitos no mundo.

O serviço de testagem será oferecido a moradores de Porto Alegre que retornam à Capital ou viajantes que permanecerão na cidade por pelo menos quatro dias. Conforme Ritter, a expectativa é retomar o protocolo ainda esta semana: “Todos os casos positivos serão encaminhados para estudo de análise genômica, que irá apontar se há circulação da nova variante na cidade”, afirma.

O teste deverá ser realizado dentro de até sete dias após o desembarque. Para realizar o exame, o passageiro deverá preencher o Formulário de Retorno do Viajante. Após o preenchimento do formulário, o passageiro receberá, por e-mail, as instruções para a realização da coleta, e deverá procurar o laboratório indicado portando os seguintes documentos originais:

  • Documento de identificação oficial com foto e CPF (RG, CNH, passaporte ou outro documento oficial)
  • Bilhete aéreo – ou cartão de embarque – com desembarque em Porto Alegre até sete dias antes da data da coleta
  • Para residentes em Porto Alegre: comprovante de residência em seu nome ou declaração simples de residência emitida por terceiros
  • Para visitantes: comprovante de estadia (mínimo de quatro dias) em locais de hospedagem da cidade.

Os resultados serão divulgados em até 24 horas. Em caso positivo, o passageiro irá receber, por e-mail, as instruções para isolamento domiciliar, bem como os locais de acesso aos serviços de urgência da cidade e as unidades de saúde mais próximas do endereço informado. Os viajantes com resultado negativo também receberão, via e-mail, orientações para prevenir a COVID-19, como medidas de higiene e proteção individual. 

Protocolo sanitário

O protocolo de testagem de viajantes foi iniciado em 19 de julho, com objetivo de monitorar a circulação da variante Delta na cidade, e havia sido suspensa em 18 de outubro, devido ao percentual de pessoas com duas doses da vacina ou com esquema vacinal completo, estabilidade no número de novos casos novos e de internações hospitalares em decorrência da doença, além da situação controlada de transmissão da variante Delta.

Durante o período, 581 passageiros preencheram o formulário do viajante. Desses, 195 compareceram ao laboratório indicado pela SMS para realização do teste, com confirmação de cinco casos positivos para a COVID-19.

Informações da Prefeitura de Porto Alegre

Leia mais:

https://aeroin.net/com-medo-da-nova-cepa-da-africa-voo-da-klm-e-retido-logo-apos-o-pouso-na-holanda/
https://aeroin.net/com-nova-variante-da-covid-anvisa-pede-restricoes-de-voos-de-alguns-paises-africanos/
https://aeroin.net/com-a-nova-variante-da-covid-19-acoes-e-reservas-de-empresas-da-aviacao-afundam/
Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias