Aeroporto de Videira (SC) já pode receber aviões a jato, após revitalização da pista

Pista do Aeroporto de Videira – Imagem: Governo de Santa Catarina

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) voltou a autorizar voos de aeronaves de asa fixa com motores à reação (turbojatos) no Aeroporto Angelo Ponsoni, em Videira, no Meio-Oeste de Santa catarina. A operação deste tipo de aeronave estava restrita no local devido às más condições do pavimento da pista, que agora foi revitalizada com recursos do Governo do Estado.

“Essa é uma das muitas ações do Governo para a retomada da aviação regional no Estado. Entendemos que onde tem aeroporto operante, tem desenvolvimento e economia pujante”, comemora o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira.

A necessidade de revitalização da pista foi constatada em 2019, quando foi originado o processo da ANAC, e a operação foi restrita em 2020, para reduzir riscos aos usuários. No mesmo ano, a Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade celebrou um convênio com a Prefeitura de Videira, por meio do qual repassou R$ 648 mil para a execução da obra.

O próximo passo, agora, é a instalação de sinalização que permitirá a operação noturna no aeroporto, que opera táxi aéreo, voos executivos, transporte de enfermos, de órgãos para transplantes, de vacinas e de operações de segurança pública.

O aeroporto, que serve a cidade de Videira e também a Região Metropolitana do Contestado, tem uma pista sinalizada com cerca de 1.400 metros de comprimento. Além disso, possui o aeroclube, o único da região Meio-Oeste Catarinense homologado pela ANAC em funcionamento com cursos e instruções. O mais próximo da região é o de Chapecó.

Informações do Governo de Santa Catarina

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias