Aeroporto do Guarujá obtém a aprovação que faltava para o início das obras de ampliação

Imagem: Prefeitura do Guarujá/Divulgação

O governo municipal do Guarujá obteve, por fim, a aprovação da Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental (Cetesb), do Estado de São Paulo, para avançar com seu projeto de ampliação e adaptação do aeroporto local para receber mais voos comerciais e privados. A notícia foi compartilhada pela deputada Rosana Valle (PL-SP) durante uma entrevista a uma afiliada da TV Bandeirantes.

“O próximo passo será a abertura da licitação para a realização dos trabalhos. Com o apoio da bancada paulista de deputados federais, consegui R$ 14,5 milhões que serão utilizados nas obras. Segundo a prefeitura de Guarujá, a expectativa é que no segundo semestre de 2023, comecem a operar os primeiros voos civis no Aeroporto Civil Metropolitano”, disse a parlamentar.

O trecho da entrevista em que ela fala do aeroporto está abaixo, bastando pressionar o botão play.

Projeto

Para o terminal de passageiros, que será erguido em caráter provisório, cerca de R$ 5,2 milhões foram destinados pela Secretária Nacional de Aviação Civil (SAC), vindo do Fundo Nacional de Aviação Civil. Ainda com esse dinheiro, será instalada uma cerca operacional nos arredores do aeroporto para restringir a entrada de animais e de pessoas.

Depois da liberação das operações diurnas na pista de pouso e decolagem, mediante homologação da ANAC, inicialmente apenas aviões de pequeno porte como Cessna Grand Caravan e os bimotores ATR poderão operar no aeroporto. Atualmente, somente podem utilizar a pista da Base Aérea de Santos, aeronaves militares e outras civis mediante a aprovação

Somente após a consolidação do aeroporto e com a conclusão de todas as obras, o local poderá solicitar novos voos com aeronaves maiores, com condições de transportar de 150 a 190 pessoas. O objetivo é abrir voos diretos para o Nordeste e Sul do país.

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Um Boeing 747 muito exclusivo deve ser utilizado no voo a...

0
Se a carga a ser trazida ao Brasil já é muito especial, a operação ganha um toque a mais ao ter sido alocado um Jumbo Jet muito exclusivo.