Aeroporto Regional do Vale do Itajaí (SC) recebe o primeiro voo noturno

Aeroporto Regional do Vale do Itajaí – Imagem: Prefeitura de Rio do Sul

Uma aeronave modelo Piper Seneca realizou, na noite da última sexta-feira (20), o primeiro voo noturno do Aeroporto Regional Helmuth Baumgarten, em Lontras, Santa Catarina, após a implantação do novo sistema de iluminação e melhorias na pista de pouso e decolagem.

De forma simbólica, houve o sobrevoo de cerca de 20 minutos por algumas cidades, marcando assim uma nova fase para todo o Vale do Itajaí, já que é o primeiro aeroporto desta região a ter condições de receber pousos e decolagens 24 horas.

Com a liberação, aeronaves com até 10 passageiros podem decolar ou pousar no local sem limite de horário. Há opções de táxi-aéreo, possibilitando a ampliação de viagens de negócios, e transporte de pacientes ou órgãos para transplante a qualquer hora do dia, ou da noite.

O prefeito de Rio do Sul, José Thomé, esteve no primeiro voo noturno e detalhou a importância dos investimentos no aeroporto e, consequentemente, a possibilidade de crescimento e desenvolvimento para a região.

Primeiro voo noturno no Aeroporto Regional do Vale do Itajaí – Imagem: Prefeitura de Rio do Sul

“É um momento ímpar para toda a região, pois amplia a condição de horários para todo tipo de pouso e decolagem de determinados tipos de aeronaves. E isso é fundamental para o crescimento de nossas cidades. Há ainda novas melhorias previstas no aeroporto e isso deve ocorrer aos poucos, mas com certeza, o espaço já atende aos pilotos e passageiros com segurança”, comentou.

A Prefeitura de Rio do Sul investiu cerca de R$ 1,4 milhão nas obras de balizamento noturno, onde diversas melhorias foram feitas, como inclusão de luzes na cabeceira e fim de pista, farol de aeródromo, indicadores de pista, sinalização horizontal e posição de espera de pista de pouso e decolagem.

Informações da Prefeitura de Rio do Sul

Leia mais:

Juliano Gianotto
Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias