Aerosul dá início a processo que lhe permite operar com aeronaves de maior porte

Imagem: Aerosul

EXCLUSIVO – Uma das mais novas empresas aéreas do país, a Aerosul Linhas Aéreas, com sede no Paraná, deu início ao processo inicial de certificação sob o RBAC 121, segundo fontes informaram ao AEROIN. Na prática, isso significa a busca por autorização que permitirá à empresa operar aeronaves maiores, se desejar. Hoje, a empresa tem a certificação RBAC 135, que permite voar com aviões para até 19 passageiros.

Com sede em Arapongas (PR), a companhia foi certificada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) em novembro de 2019 para a realização de voos de táxi aéreo, e depois aprovada em fevereiro de 2021 para a exploração de serviços regulares de transporte aéreo doméstico e internacional.

Em suas operações, utiliza aeronaves Cessna C208 Grand Caravan com capacidade para 9 passageiros. Por algum tempo, realizou voos de passageiros ligando as cidades de Florianópolis, Lages, Caçador, Correia Pinto e São Miguel do Oeste, em Santa Catarina, e Arapongas, Curitiba, Londrina, Apucarana e Pato Branco, no Paraná, mas atualmente não possui voos regulares.

Não há informações ainda disponíveis sobre algum novo modelo de aeronave pretendido pela Aerosul em sua certificação RBAC 121. Da mesma forma, o processo está em sua etapa inicial e os próximos passos poderão fornecer mais detalhes das intenções operacionais da empresa.

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Assa a pizza: ITA Airways pode ficar parcialmente na mão da...

0
O governo italiano está investigando novas possibilidades de venda da ITA Airways, que poderia envolver a Lufthansa e a companhia