Início Empresas Aéreas

Air Madagascar usa A380 da HiFly devido problema com motor do A340

A Air Madagascar fretou o Airbus A380 da Hi Fly para cobrir uma manutenção inesperada dos motores de seus A340.

A380 da HiFly – Imagem: Airbus

A companhia aérea africana disse que fretou o gigante “em circunstâncias excepcionais” para ligar o aeroporto internacional Ivano de Antananarivo com Paris/Charles de Gaulle.

O Superjumbo completou quatro voos nos dias 30 de junho e 1 de julho, e a Air Madagascar ainda cancelou alguns voos durante o período.

Os voos marcaram a primeira vez que um A380 operou no aeroporto Ivato International, disse a empresa administradora do local, Ravinala Airports.

A Air Madagascar explicou em 29 de junho que precisava fretar o jato por causa de “intervenções técnicas obrigatórias em seus A340s de acordo com uma diretiva internacional da EASA”.

Em 28 de junho, a Agência de Segurança da Aviação da União Européia divulgou uma Diretriz de Aeronavegabilidade cobrindo os motores CFM International CFM56. Isso exigiu a substituição de “selos de vedação frontais de turbina rotativa de alta pressão” dos motores, após relatos de trincas.

A Air Madagascar tem dois A340-300 em serviço e um Boeing 737-800. Todos os três são impulsionados por motores CFM56.

Informações pelo FlightGlobal.

EASA reduz intervalo de inspeção do motor CFM56 dos Boeings 737NG

https://aeroin.net/hifly-avalia-adquirir-seu-segundo-airbus-a380/
Sair da versão mobile