Airbus A340 decola duas vezes e, em ambas, tem que despejar combustível por problema no motor

Lufthansa A340-600 – Imagem: Lufthansa

Um Airbus A340-600 da Lufthansa precisou alijar combustível duas vezes ao retornar ao aeroporto de origem, em um curto intervalo de tempo, devido a problemas técnicos nos motores. O quadrijato envolvido no incidente é o registrado sob a matrícula D-AIHP, que deveria realizar o voo LH-425, de Boston, nos Estados Unidos, para Munique, na Alemanha, na última terça-feira (8). 

Conforme detalha o The Aviation Herald, a aeronave decolou do Aeroporto Internacional de Boston sem anormalidades, no entanto, sem explicações, os pilotos interromperam a subida a 27 mil pés (cerca de 8,23 km) de altitude. Após 12 minutos, a tripulação informou que precisava retornar a Boston devido a uma falha técnica e que havia a necessidade de alijar (despejar) combustível.

Os pilotos desceram a aeronave para 26 mil pés (cerca de 7,92 km) de altitude, realizaram o alijamento de combustível e se posicionaram para uma aproximação à pista 33L de Boston, onde o pouso ocorreu normalmente, após 80 minutos contados desde a partida.

Trajetória da aeronave envolvida no incidente – Imagem: FlightRadar24

Ao permanecer no solo por cerca de 3,5 horas, já em 9 de novembro, a aeronave partiu para o novo voo até Munique. Entretanto, novamente os pilotos pararam a subida a 27 mil pés (cerca de 8,23 km) de altitude e solicitaram o retorno a Boston devido a problemas em um dos motores.

O A340 despejou combustível novamente e pousou com segurança novamente na pista 33L de Boston cerca de uma hora após a segunda partida. De acordo com informações, ambos os problemas foram causados no motor #2 (lado esquerdo interno).

O quadrijato somente decolou novamente na última quinta-feira (10), quando realizou o voo para Boston. A operação ocorreu dento da normalidade e sem novos incidentes.

Trajetória da aeronave envolvida no incidente – Imagem: FlightRadar24

Leia mais:

Juliano Gianotto
Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

Em votação, aeronautas da Passaredo rejeitam proposta de Acordo Coletivo de...

0
Em votação realizada online nos dias 2 e 3 de fevereiro, os aeronautas da Passaredo (Voepass) associados ao Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) rejeitaram a proposta da empresa de Acordo Coletivo de Trabalho.