Início Exclusivas

Airbus Beluga deve trazer ao Brasil um item muito especial a bordo

EXCLUSIVO

Um dos aviões mais exóticos do mundo virá ao Brasil, o Airbus Beluga, e informações dão conta de que sua carga deve ser mais especial do que se imagina.

Foto por cortesia de Clément Alloing

Como reportado previamente pelo AEROIN, a visita do avião-baleia (tanto pelo nome como pelo formato de uma baleia Beluga) da Airbus ao Brasil está programada, segundo um executivo da empresa confirmou.

Agora, mais detalhes desta operação, ainda a serem oficialmente confirmados, foram revelados ao AEROIN por uma fonte próxima da fabricante europeia, que faz aviões comerciais, caças, helicópteros e satélites.

A visita inédita do avião especial, um A300 modificado inicialmente para o transporte de asas e fuselagens entre as fábricas da Airbus na Europa e agora sendo usado para voos comerciais, ocorreria no final de julho, exatamente daqui a um mês.

O pouso do avião seria no Aeroporto Internacional de Viracopos no dia 24 de julho, um domingo, e a carga seria retirada no dia seguinte, 25. A expectativa é que a rota seja Marseille – Fortaleza – Campinas, sendo a escala no Ceará apenas para reabastecimento.

A carga seria o mais novo e tecnológico “irmão”

H160 – Imagem: Thierry Rostang – Airbus

As informações apuradas pelo AEROIN a partir da fonte apontam para um motivo do voo do Beluga ao Brasil: o helicóptero H160. É a primeira aeronave desenvolvida pela fabricante sob a marca Airbus Helicopters, que substituiu a Eurocopter quando o grupo EADS se tornou o Grupo Airbus.

É um projeto clean-sheet, ou seja, desenvolvido do zero, sem ser baseado em nenhuma plataforma anterior. O H160 é um helicóptero médio, de até 12 passageiros, sendo uma aeronave com boa capacidade para operar em plataformas marítimas, com alcance de 850 km, e também atender ao público corporativo, atingindo 277 km/h de velocidade máxima.

Ele substitui o H155 Dauphin e sua versão militar AS565 Phanter, ambas bastantes utilizadas no Brasil, por executivos, polícias, forças armadas e indústria do petróleo.

Um grande diferencial do modelo é que é o primeiro helicóptero do mundo a conseguir fazer uma decolagem assistida ou um pouso automático completo a partir de um voo pairado, apenas com dois cliques nos controles de voo. O automatismo é tão grande que o helicóptero consegue pousar mesmo com um dos motores desligados em caso de pane.

Dois coelhos numa cajadada só

Um H225 sendo carregado no Beluga – Imagem: Divulgação – Airbus

O H160 foi certificado pela ANAC em setembro passado e já foram registradas até agora três vendas do modelo no Brasil, todas para o mercado executivo, na versão ACH160 (Airbus Corporate Helicopter 160), com interior de alto luxo e conforto.

Porém, o helicóptero em si nunca veio ao Brasil, e agora a expectativa é que seja apresentado na LABACE, a feira de aviação executiva brasileira, que será realizada em São Paulo do dia 9 a 11 de agosto.

Sendo assim, diante das informações passadas ao AEROIN, ainda não oficiais, a Airbus apresentaria dois produtos de uma só vez no Brasil: o inédito Beluga e sua capacidade de transporte de grandes cargas, já disponível para contratação pelo mercado comercial, e o H160, também uma novidade, que seria carregado e transportado dentro do gigante A300 modificado.

Vale lembrar que as datas, horários e informações acima citados ainda são preliminares, dependendo de confirmação. O AEROIN trará atualizações conforme o desenvolvimento dos fatos.

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A