Início Aviação Militar

Airbus busca permissão para testar combustível SAF em A400M da Força Aérea Alemã

Airbus A400M da Força Aérea Alemã – Imagem Julian Herzog, CC BY 4.0, via Wikimedia Commons

Por meio de um comunicado, a Airbus informou que está apoiando a Força Aérea Alemã em sua transformação de longo prazo para aumentar a sustentabilidade de sua frota de aeronaves. A empresa europeia está trabalhando com a Força Aérea para obter junto à Luftwaffe uma permissão técnica para iniciar os testes de voo do A400M com cargas de até 50% de combustível de aviação sustentável (SAF). O SAF é um combustível alternativo que pode reduzir as emissões de CO₂ em até 85%, em comparação com o combustível convencional.

Com isso, a Alemanha, que tem um total de 53 unidades encomendadas, está se tornando a primeira nação-cliente a lançar uma transformação gradual para SAF para sua frota operacional de A400M.

“O objetivo da Luftwaffe é lançar uma transformação rumo à sustentabilidade de sua frota. A missão deles é a nossa. Estamos apoiando com prazer esses importantes esforços, não apenas para o A400M, mas para toda a frota de aeronaves Airbus, desde transporte VIP a jatos de combate”, disse Mike Schoellhorn, CEO da Airbus Defence and Space.

“Avançar para um futuro mais sustentável é o dever fundamental de todos. A mudança do querosene à base de petróleo para combustíveis sustentáveis ​​desempenha um papel importante nos esforços da aviação para reduzir as emissões de CO₂. As aeronaves do governo já estão liberadas para SAF. Trabalhando em estreita colaboração com a indústria, estamos ansiosos para finalmente certificar o A400M também. Olhando para o futuro, estamos apoiando todas as atividades para introduzir o SAF em toda a nossa frota”, disse o Tenente-General Ingo Gerhartz, chefe da Força Aérea Alemã.

Além de apoiar as atividades dos clientes nacionais, a Airbus embarcou em um roteiro de longo prazo para alcançar 100% de preparação e certificação SAF para o A400M.

Como primeiro passo, em 2022, a Airbus planeja um voo de teste de uma aeronave A400M com uma carga de combustível de até 50% SAF. Este voo de teste inicial será realizado com um motor para melhor avaliar o comportamento geral da aeronave. Após a conclusão deste voo monomotor, a Airbus espera continuar com testes dos quatro motores usando SAF em 2023.

Além disso, Airbus, OCCAR e A400M Nations estão envolvidos em discussões iniciais para desenvolver o roteiro para a certificação e uso operacional de 100% SAF nas aeronaves.

No início de 2022, a Airbus Defence and Space realizou o primeiro voo de seu C295 Flight Test Bed, um projeto de Pesquisa e Desenvolvimento do European Clean Sky 2, que visa ao uso de novas tecnologias e materiais para obter reduções de ruído, CO₂ e NOx. Com o C295, a Airbus também pretende realizar uma campanha de testes para voos com 50% SAF em 2022 e 100% SAF em 2023.

Leia mais: