Airbus entregou 661 aeronaves comerciais em 2022

Divulgação – Airbus

A Airbus informou nesta terça-feira que durante o ano de 2022 entregou 661 aviões comerciais a 84 clientes em todo o mundo, um número 8% superior ao de 2021 mas inferior ao inicialmente previsto e ainda quase 200 a menos do que os entregues em 2019, antes do início da pandemia pandemia.

Naturalmente, a família líder foi a A320, com 516 aeronaves entregues (mais 33 do que em 2021), seguida pela família de aeronaves widebody A350 com 60 aeronaves (mais 5 do que em 2021). Em terceiro lugar ficou a família A220 com 53 aeronaves (mais 3 do que em 2021), e por último o A330, com 32, quase o dobro de 2021.

“Em 2022 atendemos 84 clientes com 661 entregas, um aumento de 8% em relação a 2021. Obviamente é menos do que havíamos nos proposto, mas dada a complexidade do ambiente operacional, quero agradecer às equipes e aos nossos pelo trabalho árduo e pelo resultado final”, disse Guillaume Faury, CEO da Airbus.

“A entrada significativa de pedidos, abrangendo todas as nossas famílias de aeronaves, incluindo cargueiros, reflete a força e a competitividade de nossa linha de produtos., Continuamos nossa trajetória de aceleração para cumprir nossa carteira de pedidos”, acrescentou.

Em relação às novas encomendas, o total acumulado foi de 1.078 aeronaves (820 líquidas): 127 da família A220, 888 da família A320neo, 19 A330 e 44 A350 (24 deles cargueiros). Dessa forma, a carteira de pedidos pendentes de entrega subiu para 7.239 aeronaves, quebrando dois anos consecutivos de queda, detalha o Aviacionline.

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Nepal decide não mandar para a França a caixa-preta do ATR...

0
A caixa-preta recuperada do acidente com um avião ATR 72 no Nepal, que matou 72 pessoas, está sendo enviada para Cingapura para análise.