Airbus passa a oferecer transporte de cargas com os aviões Beluga e vai criar empresa aérea

O aproveitamento de aeronaves para transporte de cargas também chegou na maior fabricante de aviões do mundo, a Airbus.

Imagem: Maarten Visser de Capelle aan den IJssel via Wikimedia Commons

O novo serviço de carga aérea da Airbus utilizará o Beluga Super Transporter, o modelo que é um A300-600 modificado com um grande “domo” na parte superior da fuselagem.

Esta aeronave foi uma adaptação para transportar cargas super-volumosas, mas restritas especificamente às partes de aviões da própria Airbus, como fuselagens do A320 ou asas do gigante A380.

Porém, como noticiamos em dezembro, a Airbus fez um inédito movimento ao levar um helicóptero fabricado pela própria empresa para o Japão em um de seus Belugas, e segundo a fabricante, aquele foi o primeiro serviço do tipo oferecido para terceiros, já que normalmente os helicópteros vão desmontados em navio ou até mesmo voando, a depender da distância.

“O Beluga com sua larga fuselagem irá abrir novos mercados e possibilidades logísticas para os clientes, no caso de levar helicópteros sem precisar desmontá-los, é um benefício. De maneira similar, os maiores motores de avião do mundo podem ser acomodados inteiros ali dentro”, afirmou Phillippe Sabo, chefe de Transporte de Cargas Superdimensionadas na Airbus.

A Airbus destaca que o Beluga pode levar qualquer carga que tenha até 7 metros de largura e 6,7 metros de altura, sem precisar de nenhuma adaptação no transporte. A fabricante também anunciou que o novo BelugaXL, um A330ceo modificado, em breve estará disponível para esse mesmo tipo de transporte.

A fabricante ainda informa que abrirá uma subsidiária para operar estes serviços com seu próprio certificado de transportador aéreo, tornando-se uma companhia aérea efetivamente.

Como exemplo, a ucraniana Antonov já faz isso há décadas com a Antonov Airlines, voando diversos de seus aviões, incluindo o único exemplar do maior avião do mundo, o An-225 Myria.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Airbus

Carlos Martins
Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Relato de brasileiro revela o que teve o avião A330 que...

0
Segundo o viajante, os passageiros já estavam a bordo do Airbus A330 quando os pilotos não puderam prosseguir com o voo.