American Airlines decide investir em motores elétricos movidos a hidrogênio

Imagem: ZeroAvia

Duas semanas após conquistar um memorando de entendimento com a Ravn Alaska para fornecer 30 conjuntos ZA2000 de propulsão hidrogênio-elétrica para as aeronaves de passageiros da companhia, a ZeroAvia já tem mais uma grande parceria para seu programa.

A American Airlines anunciou hoje um investimento no projeto da ZeroAvia, além de assinar um memorando de entendimento para a oportunidade de encomendar até 100 motores do conjunto hidrogênio-elétrico da empresa. Os motores destinam-se a alimentar aviões a jato regionais com zero emissões.

A ZeroAvia está trabalhando para obter certas certificações de sua tecnologia de propulsão inovadora que abrirá o caminho para que os motores sejam incorporados no mercado de jatos regionais no futuro. Prevê-se que o conjunto de potência ZA2000-RJ permita que os passageiros voem em jatos regionais de emissão zero já no final da década de 2020.

Este investimento mostra outra ação no caminho da American para atingir suas metas climáticas, incluindo a obtenção de emissões líquidas zero de gases de efeito estufa (GEE) até 2050.

“Nosso investimento na tecnologia emergente de motores elétricos a hidrogênio da ZeroAvia tem o potencial de desempenhar um papel fundamental no futuro da aviação sustentável”, disse Derek Kerr, diretor financeiro da American. “Estamos empolgados em contribuir para o desenvolvimento desse setor e ansiosos para explorar como esses motores podem apoiar o futuro de nossa companhia aérea à medida que construímos a American Airlines para prosperar para sempre”.

“Ter o apoio da maior companhia aérea do mundo é uma forte indicação do progresso que estamos fazendo no desenvolvimento de voos com emissão zero por motores elétricos a hidrogênio”, acrescentou o fundador e CEO da ZeroAvia, Val Miftakhov. “Estamos focados em oferecer viagens sustentáveis ​​e estamos muito satisfeitos que a American, líder visionária no setor, veja a ZeroAvia como parte do futuro da aviação.”

Informações da American e da ZeroAvia

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Argentina atende aos Estados Unidos, apreende e lacra o Boeing 747...

0
O polêmico Jumbo que ficou parado na Argentina após surgirem evidências de ligações com terroristas iranianos, foi oficialmente apreendido.