Ao voar pela 1ª vez, o penúltimo avião 747-8F da UPS atinge 1135 km/h

O N632UP em seu primeiro voo – Imagem: Jim Hammerand

No dia 08 de dezembro de 2021, vimos que o antepenúltimo avião Boeing 747-8F da empresa aérea norte-americana UPS Airlines foi enviado pela Boeing até a base da companhia, em Louisville. Agora, menos de um mês após, mais um jato do modelo já faz sua primeira decolagem enquanto avança a contagem regressiva para o fim da produção dos icônicos Jumbo Jets.

O jato cargueiro, já voando sob a matrícula N632UP – que utilizará quando começar a operar na frota da gigante empresa de logística, decolou do aeroporto Paine Field, em Everett, onde fica a linha de produção do modelo, e retornou para o mesmo aeroporto após mais de duas horas e meia em seu primeiro teste no ar.

Conforme o histórico das plataformas de rastreamento online, o Jumbo subiu até a altitude de 39 mil pés (cerca de 11,9 km) e atingiu até 613 nós (1.135 km/h) de velocidade em relação ao solo ao voar em uma região com forte vento favorável:

O 747-8 voando a mais de 600 nós – Imagem: FlightRadar24

Como vimos recentemente em outro caso de um voo comercial com velocidade tão alta em relação ao solo, o avião não superou a barreira da velocidade do som, pois este limite diz respeito a voar com velocidade aerodinâmica superior à do som, ou seja, com alta velocidade em relação ao ar (ar vindo da frente). Como o ar soprava com grande velocidade vindo de trás, o avião estava apenas sendo empurrado.

A título informativo, a velocidade operacional máxima do 747-8 é de 956 km/h, portanto, os pilotos nunca devem ultrapassar tal valor em relação ao ar.

Ao retornar, os pilotos do Boeing 747-8F fizeram duas aproximações seguidas de arremetida, conforme a programação do voo de teste, e depois concluíram com um pouso completo.

O Jumbo chegando para a última aproximação – Imagem: FlightRadar24

Conforme temos acompanhado, a história de produção do projeto Boeing 747 será encerrada neste ano de 2022, após a entrega dos dois últimos jatos 747-8F da UPS, a maior operadora do 747-8 no mundo, e dos quatro 747-8F da Atlas Air, a maior operadora da família 747 no mundo.

Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Companhia aérea da Islândia polemiza após anunciar voos dos EUA para...

0
Somente no ano de 2022, a companhia oferecerá mais de 100 viagens de ida e volta entre os países, mesmo com os voos comerciais suspensos.