Início Variedades

Após voo ser desviado, empresa manda conta de R$ 300 mil para irmãos pagarem

Uma companhia aérea britânica acabou de multar e proibir o voo de dois irmãos adolescentes após eles forçarem um voo a ser desviado.

Foto por Clément Alloing

A companhia aérea turística Jet2 aplicou uma espécie de “multa” aos irmãos Alfie e Kenneth Springthrope, que moram em Londres. Eles estavam voando da sua cidade natal para a belíssima Ilha de Creta na Grécia. Segundo a companhia aérea, o avião teve que ser desviado para Corfu, uma outra ilha paradisíaca grega, mas próxima da fronteira com a Albânia e distante 633 quilômetros do destino original.

O motivo do desvio foi a má conduta dos irmãos, que ficaram agressivos e “danificaram a aeronave”, segundo a companhia informou. A confusão foi tanta que a aeronave ficou em Corfu por 3 horas e 45 minutos, até que a polícia local retirasse os dois jovens, o jato fosse reabastecido e pudesse decolar novamente para Creta.

Com essa parada “extra” para o desembarque dos irmãos, o jato chegou bastante atrasado em Creta e a tripulação já estava para extrapolar o seu horário de trabalho, não podendo fazer o voo de retorno para o Reino Unido.

Por causa do cancelamento do voo saindo da ilha grega, foi necessário acomodar a tripulação e quase 200 passageiros em hotéis, gerando um custo maior ainda para a Jet2. Logo a empresa decidiu ser compensada pelo gasto, e mandou uma conta de £50 mil libras (aproximadamente R$312 mil) para os irmãos pagarem.

O diretor geral da Jet2, Phil Ward, afirmou que “o deplorável comportamento destes dois passageiros deixou a nossa tripulação sem opção a não ser desviar a aeronave para o aeroporto mais próximo para que a polícia os retirassem”.

Segundo a empresa informou ao jornal Evening Standard, ela tem política zero com arruaceiros e também irá proibir eles de voarem com a Jet2 pelo resto de suas vidas. Não está claro como essa “multa” foi cobrada e se os irmãos chegaram a pagar. Também não foi informado se os jovens ainda estão ou não na Grécia, já que o voo ocorreu na semana passada.

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A
Sair da versão mobile