Apresentada versão ainda melhor dos motores GTF dos aviões da família A320neo

Imagem: Pratt & Whitney

A Pratt & Whitney (P&W) revelou nesta quinta-feira, 2 de dezembro, a nova versão GTF Advantage de seu motor para aeronaves de corredor único (“narrowbody”, ou de fuselagem estreita), descrito pela empresa como “o mais econômico e sustentável do mundo”.

O motor Pratt & Whitney GTF Advantage para os jatos da família Airbus A320neo estende ainda mais os benefícios econômicos e ambientais do motor GTF existente. A nova configuração reduz o consumo de combustível em 1%, o que, segundo a empresa, amplia sua característica de ser o mais eficiente para a família A320neo.

Com isso, o motor diminui o consumo de combustível e as emissões de CO2 em 17% em comparação com os motores da geração anterior. Além disso, o GTF Advantage será compatível com uso de 100% de combustível sustentável de aviação (SAF) já desde sua entrada em serviço, ajudando a indústria a cumprir seu compromisso de zero emissões líquidas de carbono até 2050.

Esta nova configuração oferece maior potência [, tanto ao nível do mar quanto para aeroportos “quentes e altos”. Com até 34.000 libras de empuxo de decolagem, a configuração Advantage torna o GTF o motor mais potente para a família A320neo. A classificação de empuxo mais alta permite maior alcance e carga útil, desbloqueando mais destinos para as companhias aéreas.

A geração atual de motores Pratt & Whitney GTF para a família A320neo reduz o consumo de combustível e as emissões de carbono em 16% em comparação com os motores da geração anterior e são certificados para operar com 50% de SAF.

“Os motores GTF atenderam ou excederam os compromissos de combustível, emissões e ruído desde o primeiro dia e, desde então, alcançaram um forte recorde de confiabilidade e baixo custo operacional”, disse Carroll Lane, presidente de Motores Comerciais da Pratt & Whitney. “O GTF Advantage oferece ainda mais valor aos nossos clientes, tanto em potencial de receita quanto em impacto ambiental, com menor consumo de combustível e novas oportunidades de rota.”

O motor sendo testado no Boeing 747 da P&W – Imagem: Pratt & Whitney

A configuração GTF Advantage inclui aprimoramentos de tecnologia em todo o núcleo do motor, para o qual a Pratt & Whitney já completou mais de um ano de testes em solo e voo. O motor estará disponível para as aeronaves da família A320neo a partir de janeiro de 2024. Esta nova configuração será intercambiável com os motores já entregues e se tornará o novo padrão de linha de produção das fábricas da Airbus.

“Sempre dissemos que nossa arquitetura de ventilador frontal (fan) com engrenagens tem um longo caminho para crescimento e desenvolvimento futuro, e o GTF Advantage demonstra isso”, disse Tom Pelland, vice-presidente sênior de motores GTF da Pratt & Whitney. “Nosso sistema de engrenagens e a arquitetura geral do motor são fundamentais para desbloquear os benefícios da aerodinâmica, materiais e sistemas avançados. Estamos comprometidos em continuar a investir nessas tecnologias para a próxima geração de aeronaves comerciais.”

A Pratt & Whitney calcula que, desde a entrada em serviço no início de 2016, os motores GTF economizaram aos operadores mais de 600 milhões de galões (mais de dois bilhões de litros) de combustível e evitaram mais de seis milhões de toneladas métricas de emissões de carbono.

Com uso em mais de 1.100 aeronaves de 58 companhias aéreas em três famílias de aeronaves – Airbus A320neo, Airbus A220 e Embraer E-Jets E2 – os motores GTF também reduziram a emissão de ruído em 75% e de poluentes em 50%.

Informações da Pratt & Whitney

Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Embraer conclui a reintegração de sua linha de negócios de Aviação...

0
A Embraer concluiu com sucesso a reintegração dos principais sistemas de tecnologia da informação e processos do negócio da aviação comercial