Início Empresas Aéreas Asas Linhas Aéreas negocia um Boeing 727 de passageiros para voos no...

Asas Linhas Aéreas negocia um Boeing 727 de passageiros para voos no Brasil

Boeing 727-200 de passageiros – Imagem meramente ilustrativa – Fonte: Zmodli / CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Nesta semana trouxemos a você, leitor do AEROIN, todos os detalhes da chegada do primeiro Boeing 727 da nova companhia aérea brasileira Asas Linhas Aéreas ao Aeroporto de São José dos Campos, no interior de São Paulo, onde a empresa tem sua sede (caso não tenha visto ou queira rever as fotos e vídeo por dentro do clássico trijato, clique aqui para acessar).

E se não bastasse a boa notícia da apresentação oficial após o primeiro voo do avião de matrícula PR-IOC, a nova companhia, que está finalizando a certificação junto à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para operações de cargas, disse com exclusividade ao AEROIN que busca outra aeronave do mesmo modelo, porém, para operar voos charter (fretamentos) transportando passageiros.

De acordo com as informações, a companhia já está em negociações para adquirir outro Boeing 727, sendo este uma aeronave americana na versão de passageiros e bem mais nova que a primeira adquirida.

Além disso, o jato passou por um processo de retrofit, ou seja, de modificação para aplicação de melhorias em relação ao projeto original, contando, por exemplo, com um kit de winglets – dispositivos de ponta de asa que melhoram a eficiência aerodinâmica, gerando economia de combustível.

Com a vinda deste avião, a empresa poderá dar entrada também no processo de sua certificação para transporte de passageiros, já que atualmente os trâmites na ANAC são apenas para voar com cargas.

O que vale destacar neste momento é que a companhia não tem intenções, nem a curto e nem a longo prazo, de operar voos regulares de passageiros, devido aos custos mais elevados que estas operações apresentam, ficando apenas com o segmento de voos charter.

Asas Linhas Aéreas
Boeing 727 cargueiro recebido nesta semana pela Asas

Outra informação importante a se destacar é que a companhia também está em busca de um segundo Boeing 727 para transporte de cargas. De acordo com o presidente da companhia, Orlando Menezes, os Boeings 727 não chegarão antes de janeiro de 2022.

Com estes planos, a Asas, neste primeiro momento, será a única empresa brasileira a operar uma frota somente de jatos do modelo Boeing 727. A longo prazo, no entanto, a companhia afirma que poderá adquirir também o Boeing 737-300 ou -400. Segundo Menezes, a procura deve ser prudente e “dar um passo de cada vez”, consolidando o projeto parte por parte.

Considerando o andamento do processo de certificação, a empresa pretende iniciar suas operações com o atual trijato em dezembro deste ano.

Leia mais sobre a chegada do Boeing 727 da Asas com a marca das Lojas Americanas:

https://aeroin.net/conheca-por-dentro-e-por-fora-o-boeing-727-da-nova-brasileira-asas-linhas-aereas/
https://aeroin.net/ouca-o-que-disse-o-presidente-da-asas-na-chegada-do-1o-aviao-da-nova-empresa-aerea/