Asfalto afunda e Airbus A320neo acaba preso a instantes de sua decolagem

Airbus A320neo da Viva Aerobus, igual ao envolvido no incidente – Imagem: Brand03 / CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Os passageiros e tripulantes de um voo comercial no último sábado, 28 de maio, passaram por um contratempo depois que a aeronave acabou travada por um afundamento do pavimento a instantes de iniciar sua decolagem.

Conforme reporta o The Aviation Herald, o problema aconteceu com o Airbus A320neo registrado sob a matrícula XA-VIU, operado pela companhia mexicana Viva Aerobus, quando partia de Reynosa no voo VB-1197 para a Cidade do México.

Os pilotos haviam deslocado o A320neo pela pista do Aeroporto Internacional General Lucio Blanco até a cabeceira 13 (procedimento chamado “backtrack”, quando é necessário taxiar na pista no sentido contrário à decolagem) e estavam realizando a volta de 180º na área destinada a este fim (chamada “turnpad”), no entanto, o pavimento não resistiu ao peso e as rodas do nariz afundaram.

A posição em que o Airbus A320neo ficou parado – Imagem: FlightRadar24

A pista, única do aeroporto, precisou ser fechada até que a aeronave fosse removida, mas não há informações oficiais sobre quantos voos possam ter sido afetados.

O voo precisou ser cancelado e a aeronave permanecia no solo em Reynosa até a publicação desta matéria, quase dois dias após o incidente, possivelmente passando por procedimentos de inspeção para avaliar se houve danos.

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Lendário avião Albatross de 1949 segue em manutenção em Campinas; previsão...

0
Em meados do ano passado, o AEROIN informou com exclusividade sobre a aprovação que a equipe da empresa de táxi aéreo Helisul obteve