Aterrissa em solo brasileiro o maior avião da história da Azul: o Airbus A350XWB

A Azul Linhas Aéreas acaba de receber oficialmente no Brasil o seu primeiro jato Airbus A350-900 XWB, em um marco para a expansão da empresa pós-pandemia. A aeronave, a maior já operada pela empresa, ainda tem matrícula francesa F-WTAO (msn 168) e aterrissou no aeroporto de Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, pouco depois da 16h30 na tarde desta quarta-feira, 14 de setembro.

Em Minas Gerais, o avião passará pelo processo de nacionalização e receberá a matrícula PR-AOY. Posteriormente, o jato será trasladado a Campinas, a base da empresa, para avançar com o processo de inclusão do modelo em seu certificado operacional. A aeronave está batizada com o nome “50 também é Azul”.

Histórico do A350 na Azul

A Azul havia feito uma encomenda original junto à Airbus para quatro aeronaves do modelo A350-900. Pelo menos uma aeronave, ainda na fábrica, chegou a receber parte da pintura da companhia brasileira antes que a Azul desistisse de recebê-las e as repassasse a seu então acionista HNA Group.

Enquanto a Azul recebia o A330-900neo, o A350 foi voar na China pelas empresas do grupo HNA. No entanto, o tempo avançou, o grupo chinês passou por forte crise e devolveu as aeronaves, que ficaram estocadas aguardando uma decisão da Azul, que veio agora com a volta da demanda e expansão internacional.

Inicialmente, o A350 deverá ser utilizado em voos domésticos para treinamento das tripulações, sendo os possíveis destinos Manaus, Recife, Belém e Fortaleza. Até o final do ano os voos internacionais começam de fato, e podem incluir Orlando, na Flórida.

A aeronave está configurada 334 lugares, sendo 33 da Classe Executiva e 301 na Econômica. São 36 assentos a mais que os A330-900neo da companhia, que era o maior jato da Azul.

Carlos Martins
Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias