Ativistas ambientais cortaram cerca e invadiram maior aeroporto de Paris

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Ativistas ambientais Paris CDG
Os ativistas durante a invasão – Imagem: Alternatiba

Cerca de 40 ativistas ambientais foram presos no último fim de semana após uma manifestação no Aeroporto Internacional Charles de Gaulle, o maior de Paris, na França. Os manifestantes chegaram a acessar o pátio e se aproximar das aeronaves estacionadas no local. Apesar do risco, ninguém se feriu e o protesto foi pacífico.

Segundo o jornal francês Le Monde, os manifestantes quebraram uma cerca por volta das 9h do sábado, 3 de outubro, horário local. Os manifestantes pertencem ao movimento francês Réseau Action Climat, que reúne diversos grupos ambientalistas na luta contra as mudanças climáticas causadas pela poluição, e pela proteção do meio ambiente e valorização do desenvolvimento sustentável.

O grupo, de aproximadamente, 120 pessoas, carregava bandeiras, cartazes e gritava palavras de ordem. Algumas pessoas também seguiram para dentro dos terminais de passageiros. Rapidamente, os militantes foram cercados pela polícia do aeroporto, que os isolou próximos ao terminal 2A. Em seguida, foram todos retirados do aeroporto. Cerca de 40 pessoas foram presas.

A administração do aeroporto informou à imprensa que os ativistas não chegaram a se aproximar do sistema de pistas e não comprometeram as operações aeroportuárias. No entanto, líderes de dois grupos ligados ao movimento disseram que conseguiram bloquear a passagem de um avião que se preparava para decolar.

A ação, incluindo o corte da cerca, foi toda filmada e divulgada nas redes sociais. Confira abaixo o vídeo publicado pelo grupo.

Segundo a mídia francesa, a manifestação de sábado fez parte de um “dia de ação nacional” convocado em prol da queda do tráfego aéreo no país e do cancelamento da construção do terminal 4 do aeroporto, que deve aumentar a capacidade de operação em cerca de 40 milhões de pessoas por ano. Também houve manifestações em outros 17 aeroportos da França.

Em junho deste ano, ativistas chegaram a invadir a pista de pousos e decolagens de outro aeroporto parisiense e impedir que os aviões continuassem seus procedimentos. Relembre este caso clicando aqui.

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Fabio Farias
Jornalista e curioso por natureza. Passou um terço da vida entre aeroportos e aviões. Segue a aviação e é seguido por ela.

Veja outras histórias