Início Aviação Militar

Avançam as conversas para compra de novo lote de caças F-39 Gripen pelo Brasil

Foto: FAB

A indústria sueca SAAB, fabricante dos caças Gripen, os mesmos comprados pelo Brasil, confirmou durante uma conferência com investidores nesta semana, que as conversas com a Força Aérea Brasileira (FAB) para aumento no contrato de fornecimento das aeronaves de combate estão progredindo.

Originalmente, o Brasil encomendou 36 caças Saab Gripen E/F, no entanto, em duas ocasiões ao longo deste ano, a FAB sinalizou que esse número deveria aumentar. Na primeira ocasião, logo no começo de 2022, o comandante da FAB informou que seriam adicionados quatro novos caças ao pedido original. Depois, numa segunda oportunidade, comentou que um outro lote de mais 26 caças seria negociado.

Tais negócios foram agora ratificados pela SAAB. “O Brasil anunciou que adicionará quatro aeronaves imediatamente ao contrato existente”, disse o presidente-executivo da Saab, Micael Johansson, durante a reunião para apresentação dos resultados financeiros do primeiro semestre. “Paralelamente, iniciamos uma discussão sobre o segundo lote, para mais 26 aeronaves.”

Até o momento, o Brasil já recebeu duas unidades operacionais e mais um protótipo usado em ensaios de voo. No país, a aeronave é designada F-39.

Outra novidade destacada por Johansson, conforme destaca o FlightGlobal, refere-se ao fato de haver outras forças de defesa na região interessadas no Gripen. “Há alguns outros países na América Latina que parecem muito promissores como potenciais clientes do Gripen E”, disse ele, sem identificar quais seriam essas nações.

Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.