Avianca Equador solicita rotas internacionais para os Estados Unidos e Venezuela

A Avianca Equador solicitou à Direção Geral de Aviação Civil (DGAC) que adicione serviços regulares de passageiros, carga e correio à Venezuela e modifique suas operações para os Estados Unidos.

Em 2022, a Avianca Equador inaugurou voos diretos para a “Big Apple” com seis voos semanais no Airbus A319, complementando suas operações para Bogotá e Lima. Para o início da temporada de verão, a companhia aérea adiciona à sua rede novas rotas para Cartagena e Medellín.

Venezuela

A companhia aérea solicita operar a rota Quito e/ou Guayaquil – Caracas e vice-versa até sete operações semanais e direito de 3ª e 4ª Liberdades. Caso este serviço se concretize, será o primeiro serviço da subsidiária equatoriana à Venezuela .

Segundo dados coletados pela Aviacionline por meio do Instituto Nacional de Estatísticas e Censos (INEC), 16.910 passageiros viajaram entre Caracas e o Equador. 

Ao longo de 2021 e 2022, a Conviasa operou vários voos charter da capital venezuelana e Porlamar para Quito e Guayaquil, atualmente não há operações diretas entre Equador e Venezuela.

Estados Unidos

A empresa modifica sua solicitação na rota Quito e/ou Guayaquil – Nova Iorque e vice-versa até 14 operações semanais e direitos de 3ª e 4ª Liberdades. A última operação sem escalas entre a capital equatoriana e a “Big Apple” foi em 31 de janeiro de 2019 com um serviço operado pela extinta TAME em Airbus A330.

Segundo dados obtidos por meio do INEC, 166.780 passageiros e 4.201 toneladas de carga foram mobilizados em 2019 entre Nova Iorque e Equador. A “Big Apple” é o terceiro mercado mais importante dos Estados Unidos da nação sul-americana, atrás apenas de Miami e Fort Lauderdale.

Atualmente, a Avianca Equador e a JetBlue são as únicas companhias aéreas que operam entre Guayaquil e Nova Iorque, oferecendo um total de 13 voos semanais e uma oferta de 4.240 assentos.

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Força Aérea Brasileira relembra ações anteriores em comunidades indígenas

0
Visando a defender, integrar e controlar, a FAB realiza ajuda humanitária ao atender e contribuir para preservar povos tradicionais no país.