Avianca investiga corrupção de autoridades com benefício passagem

A Avianca Holdings (grupo que controla a Avianca na América Latina com exceção do Brasil e Argentina) está investigando se violou leis americanas de suborno e corrupção.

A própria empresa notificou o DOJ (Departamento de Justiça dos EUA) sobre a investigação interna sobre a possível violação de leis americanas quando funcionários da empresa utilizando do seu benefício concederam passagem de graça para autoridades do governo americano.

O caso revelado pelo Wall Street Journal não detalha quando ocorreram as concessões e tão pouco de que setor do governo americano as autoridades trabalhavam/trabalham.

A empresa por sua vez confirmou que notificou as autoridades do DOJ através da Comissão de Títulos e Câmbio, e que está cooperando com as autoridades. Segundo a Avianca Holdings dentre os funcionários que concederam seu benefício para membros do governo, podem estar membros sênior da empresa e também membros do conselho administrativo.

A Avianca Holdings também informou que adotou medidas de controle adicionais para evitar que o caso de corrupção se repita futuramente. Não está claro qual o objetivo teria sido quando as passagens benefício foram emitidas, tão pouco se isso foi alcançado.

Em 2016 a LATAM foi condenada a pagar $22 milhões de dólares devido a suborno envolvendo membros do governo americano, visando favorecer a empresa em contratos laborais nos EUA.

A citação não inclui a Avianca Brasil, que não é controlada pelo grupo e também não deve “satisfações” a justiça americana por não ser listada em alguma bolsa dos EUA. No caso da empresa brasileira o benefício permitia que terceiros (fora da família do funcionário) viajassem nos voos da companhia com grande desconto, mas desde que acompanhado pelo funcionário ou algum dos dependentes familiares.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias