Avião desaparece no litoral entre Rio e SP em voo que partiu de Campinas (SP)

Suposta região do desaparecimento – Imagem: Google Earth

Um avião bimotor desapareceu nesta noite de quarta-feira para quinta-feira, 24 e 25 de novembro, no litoral brasileiro entre os estados de São Paulo e Rio de Janeiro, e até o momento da publicação desta matéria ainda não havia sido encontrada.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar de São Paulo, divulgadas durante a manhã de hoje, à 01h20 houve a suposta queda de aeronave na região entre Ubatuba e Paraty.

“Recebemos um chamado via Corpo de Bombeiros – RJ e posteriormente parentes do piloto entraram em contato, informando problemas em uma aeronave (pequeno porte) que pousou possivelmente nas águas de Ubatuba (entre Ubatuba e Paraty) e que já deslocamos uma equipe (1 embarcação e 4 homens do GBMar) para as buscas na região. Aguardamos mais informações do local”, detalhava o comunicado.

Ainda segundo os Bombeiros de SP, a última referência de localização da aeronave passada pelo Corpo de Bombeiros do RJ foi nas coordenadas 23°24’48.0″S 44°47’59.0″W, conforme indicado no mapa a seguir:

Segundo o R7, em publicação numa rede social feita por uma jovem que se identifica como prima do piloto do suposto avião envolvido na queda, ela afirma que a aeronave, de matrícula PP-WRS, com três pessoas, precisou realizar um pouso forçado na água na região de Paraty e a família estaria sem notícias do piloto desde a noite de ontem.

Ainda segundo ela, o avião teria partido do Aeroporto Campo dos Amarais, em Campinas (SP), perdido a potência do motor durante o voo e precisado fazer um pouso forçado no mar por volta das 21h00.

Dados da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) mostram que o registro PP-WRS pertence ao avião Piper PA-34-220T Seneca III, que estava em condições operacionais regulares.

Imagem: Pedro Bonatto

O portal Terra afirma que na manhã desta quinta-feira uma poltrona que seria do avião foi encontrada boiando próximo da costa, e que as buscas estão sendo coordenadas pelo Centro de Coordenação de Salvamento Aeronáutico de Curitiba, unidade da Força Aérea Brasileira (FAB) responsável pelas operações na região.

As buscas foram iniciadas por volta das 04h00 da madrugada desta quinta, com o uso de equipamentos de visão noturna. De manhã, equipes da FAB encontraram destroços no mar que podem ser do avião desaparecido.

No final da tarde, segundo a Band, a Força Aérea Brasileira confirmou que encontrou um corpo que se supõe ser de uma das vítimas, pois estava perto do local dos destroços do avião. Ele foi transportado até uma base em terra para realização de todos os procedimentos necessários.

Esta é uma história em desenvolvimento, traremos atualizações conforme novas informações sejam conhecidas.

Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Jatinho de Elon Musk foi filmado em decolagem de alta performance...

0
A rápida visita do bilionário Elon Musk, o empresário por trás da Tesla e SpaceX, foi acompanhada até na decolagem, de alta performance.