Início Indústria Aeronáutica

Avião Embraer E195-E2 participa de demonstração no Japão

Divulgação – Embraer

O avião regional Embraer E195-E2 está em exibição no Aeroporto de Haneda, em Tóquio, como parte de uma conferência do setor de dois dias. O evento, organizado pela Embraer, líder de mercado de jatos comerciais de até 150 assentos, visa aprofundar o relacionamento com as companhias aéreas parceiras da fabricante nacional.

Os E-Jets da Embraer são a família de aeronaves dominante na categoria sub-150 assentos no Japão, com 48 dos E-Jets de primeira geração operados pela Japan Airlines e Fuji Dream Airlines. A frota de E-Jets no Japão tem alta confiabilidade e utilização: a confiabilidade média de 12 meses é de 99,83% e a utilização é de até sete voos por dia com um tempo médio de retorno de 30 minutos.

“Agradecemos aos nossos clientes de companhias aéreas no Japão por trazerem o melhor dos E-Jets desde o início das operações de receita no país em 2009”, disse Martyn Holmes, Diretor Comercial da Embraer Aviação Comercial. “Estamos orgulhosos de ver como os confiáveis ​​E-Jets desempenharam um papel importante no aprimoramento da conectividade regional no Japão e continuam a fornecer às companhias aéreas a flexibilidade para dimensionar de maneira ideal a capacidade de acordo com a demanda.”

Na conferência do Dia da Embraer, os convidados serão atualizados sobre os últimos desenvolvimentos do programa E-Jets E2. Companhias aéreas como KLM, Helvetic Airways (operando para a SWISS) e Azul operam a família de aeronaves E-Jets E2 e, em breve, novas operadoras, incluindo Royal Jordanian, Salam Air e TUI, foram anunciadas recentemente.

“Estamos ansiosos para exibir as características do E195-E2 para os líderes aeroespaciais do Japão, incluindo seu excelente desempenho, emissões mínimas de ruído e combustível e baixos custos de operação”, disse Raul Villaron, vice-presidente da Embraer Aviação Comercial para a Ásia-Pacífico.

Além da substituição de aeronaves mais antigas, a Embraer prevê que parte da frota de aeronaves de fuselagem estreita de grande porte existente no país seja dimensionada para aeronaves com menos de 150 assentos para criar uma demanda de mercado por cerca de 120 novas entregas na categoria de aeronaves com menos de 150 assentos ao longo os próximos 20 anos.

Na semana passada, o E190-E2 recebeu seu certificado de tipo pela Administração de Aviação Civil da China (CAAC). A família de E-Jets E2 continuou a mostrar seus méritos técnicos ao fazer seu pouso de estreia no icônico City Airport de Londres em julho, demonstrando a capacidade de aproximação íngreme da aeronave.

Além disso, em junho, já certificado para operações com misturas de combustível de aviação sustentável (SAF) de até 50%, o E2 completou com sucesso um voo de teste com 100% de SAF, reforçando ainda mais o compromisso da Embraer com a redução de emissões e a aviação sustentável.

Informações da Embraer

Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.