Avião que havia sido canibalizado pela Itapemirim é reparado e vai embora do Brasil

Mais um capítulo vai se fechando na história da segunda tentativa da Itapemirim em se tornar uma empresa aérea no Brasil, agora com a saída do país do último avião que voou pela empresa.

Em novembro de 2021, enquanto a empresa aérea ainda operava, o Airbus A320, de matrícula PS-AAF, foi enviado para São José dos Campos para manutenções nas oficinas da DIGEX. No entanto, como informamos aqui, a aeronave acabou servindo de fonte de peças de reposição para outros aviões da frota, um processo conhecido como canibalização.

Como a empresa não tinha caixa disponível e nem crédito no mercado para comprar novos componentes, apesar de ainda vender bilhetes e aumentar rotas, teve que recorrer a essa alternativa. No entanto, com um prognóstico ruim pela frente, a empresa jamais colocaria o PS-AAF para voar novamente.

Com o fim das operações, em dezembro de 2021, os demais aviões foram sendo devolvidos aos poucos aos lessores. Mas o PS-AAF ainda ficou em São José dos Campos, já que não estava em condições de voar pela quantidade de peças retiradas.

Foram então 7 meses até o avião voltar a voar, na noite de ontem, 30 de junho. Todo o trabalho de reposição das peças e preparação para o voo teve que ser bancado pela dona da aeronave, a Carlyle Aviation Partners, que agora a leva para os Estados Unidos.

A decolagem ocorreu na última noite, quando o A320 partiu de São José dos Campos, como mostra o vídeo abaixo divulgado pela própria DIGEX:

Como mostra o aplicativo de rastreamento de voos FlightRadar24, o avião está com a nova matrícula N359CL, e decolou do interior paulista às 18h50 seguindo rumo aos EUA, mas deverá fazer uma escala antes de chegar em terras americanas. A princípio não tem um novo dono ou interessado na aeronave, que deverá ficar estocada.

Carlos Martins
Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias