Início Aviação Militar

Avião russo faz voo de 3 horas durar 9 horas por causa de desvios

Um voo diplomático da Rússia teve sua duração aumentada em três vezes após vários desvios.

Divulgação – FlightRadar24

As sanções do Ocidente sobre a Rússia fizeram com que as empresas do país parassem a maioria dos seus voos internacionais, limitando apenas à Turquia, Emirados Árabes Unidos e outros países alinhados a Moscou ou neutros, como o próprio Brasil. O mesmo ocorre com voos oficiais, humanitários ou diplomáticos, embora exceções têm sido abertas, como foi o caso de um voo aos EUA, que ficou sob constante vigilância.

Foi nesse contexto que um voo da Rossiya, uma das empresas aéreas estatais da Rússia, decolou do Aeroporto Vnukovo, em Moscou, para Basel, na tríplice fronteira entre a França, Alemanha e Suíça. Realizado pelo clássico quadrijato Ilyushin IL-96-300, o voo demorou 9 horas ao invés das 3 horas que um voo direto percorreria.

Foram evitados os espaços aéreos da Ucrânia, Polônia, Chéquia, Eslováquia, Itália, Grécia, Hungria e outros.

Os únicos países que tem sanções contra Moscou e permitiram a passagem foram a França e a Suíça, que operam em conjunto o Euro-Aeroporto Basel-Mulhouse-Freiburg. Até o momento ainda não foi detalhado o motivo que levou a visita do IL-96 à tríplice fronteira.

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A
Sair da versão mobile