Avião turboélice voa pelo Brasil com possível mensagem política no radar

Novamente, o uso de aeronaves para possivelmente propagar mensagens políticas chama a atenção em aplicativos de rastreamento de voo no Brasil.

Imagem ilustrativa

O uso destas mensagens se intensificou no início da corrida eleitoral deste ano e perdurou até os dias atuais. Na manhã desta segunda-feira (26), por exemplo, um avião Piper PA-42 Cheyenne IIIA foi visto com a mensagem “LULADRAO”, possivelmente de apelo político, após decolar de Jundiaí com rumo ao nordeste do Brasil.

Esta aeronave ainda consta nos aplicativos com a antiga matrícula americana N313BB, que segundo dados da FAA, a agência americana de aviação civil, tem o número de série 42-5501016.

Cruzando essa informação com o banco de dados público da ANAC, resta apontado para a matrícula brasileira PS-LEI, de propriedade da Luan Investimentos, uma imobiliária com empreendimentos no Sudeste e Nordeste, segundo seu site.

A mensagem “LULADRAO” aparece no Flight ID da aeronave, que é o código de identificação de voo. Este código alfanumérico é usado para facilitar a identificação das aeronaves comerciais.

Por exemplo, enquanto um Boeing 737 MAX da GOL de matrícula PR-XMA está fazendo um voo do Rio para São Paulo, seu indicativo de chamada (nome) no rádio será “GOL 1031”, e seu Flight ID também será, para facilitar a conciliação entre a informação mostrada no radar e a ouvida no rádio pelo controlador, assim como outras aeronaves.

No Brasil, atualmente, não existe nenhuma legislação que exija que o Flight ID seja igual ao indicativo de chamada, já que esta tecnologia é relativamente nova e uso de transponders mais novos ou com tecnologia ADS-B não são ainda obrigatórios no país.

Carlos Martins
Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias