Azul retoma operação em 5 cidades do interior do Brasil a partir de hoje

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Imagem: CWB Spotter

A Azul volta a servir as cidades de Caxias do Sul, Santo Ângelo e Uruguaiana, no interior do Rio Grande do Sul, além de Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul, e Uberaba, em Minas, a partir de hoje. Os novos voos seguirão os protocolos de higiene e segurança adotados pela companhia desde o início da pandemia.

No Sul

A cidade de Caxias do Sul, na região das Serras Gaúchas, terá voos quatro vezes por semana para Viracopos, em Campinas, principal centro de conexões da Azul no país, de onde o Cliente caxiense poderá se conectar para destinos de todas as regiões do Brasil. As ligações entre Caxias do Sul e Viracopos serão cumpridas com aeronaves modelo Embraer E1, com capacidade para até 118 Clientes.

Já os voos partindo e chegando de Santo Ângelo e Uruguaiana terão como destino a capital gaúcha Porto Alegre e serão cumpridos com aeronaves turboélice ATR 72-600, que contam com 70 assentos, três vezes por semana. De Porto Alegre, o Cliente terá à disposição mais de dez destinos diretos, como Curitiba (PR), Foz do Iguaçu (PR), Navegantes (SC), Santos Dumont (RJ), Belo Horizonte (MG) e também para Viracopos, em Campinas.

Tanto Caxias do Sul quanto Santo Ângelo e Uruguaiana passarão a ter operações diárias para a capital gaúcha a partir de março.

No MS

As ligações entre Três Lagoas e Campinas acontecerão, inicialmente, às segundas, quartas e sextas e serão cumpridas com aeronaves modelo ATR 72-600, com capacidade para até 70 Clientes. A partir de março, os voos entre as cidades passarão a ser diários. Em Viracopos, o Cliente poderá se conectar para destinos de todas as regiões do país.

Em Minas

Os voos para Uberaba, cidade do triângulo mineiro, acontecerão em base diária com aeronaves ATR 72-600. Além disso, entre 3 de julho e 7 de agosto, a empresa colocará um voo sazonal ligando a cidade mineira com Porto Seguro, na Bahia, operado por jatos Embraer E195.


Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Após mais de 30 anos, França se despede do caça Mirage...

0
Um dos caças mais emblemáticos da era moderna, o Dassault Mirage 2000C, está se despedindo da Força Aérea da França.