Azul Uruguay próxima de ser autorizada e define primeiras rotas para o Brasil.

A Azul Linhas Aéreas tem como objetivo começar a operar sua subsidiária de bandeira uruguaia no menor prazo possível, e a autoridade de aviação civil do Uruguai, a DINACIA, já sinalizou a sua aprovação.




Na semana passada a companhia apresentou toda a documentação solicitada para ánalise da DINACIA. O próximo passo é a análise pela junta aeronáutica para concessão da permissão provisória como uma linha aérea regular uruguaia. A primeira rota será a ponte aérea entre Montevídeo e Buenos Aires.

Segundo fontes do jornal El Observador, com essa permissão, que deve acontecer em questão de poucos dias, a empresa poderá solicitar formalmente as rotas e começar o processo de certificação de suas aeronaves. A subsidiária uruguaia irá se chamar Azul Uruguay e planeja operar inicialmente entre seis e oito aeronaves ATR 72-600, que chegarão novos direto da França.

Outras rotas a serem realizadas são de Montevídeo para Porto Alegre e para São Paulo. A Azul também negocia há alguns meses a implementação de um hub no Aeroporto de Carrasco, na capital uruguaia. A companhia deverá incorporar parte dos ex-empregados da extinga Alas Uruguay. Estima-se que a companhia comece as operações no segundo semestre deste ano.

Informações pelo periódico El Observador. 

Carlos Martins
Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias