Início Empresas Aéreas

Azur Air solicita aprovação para operar voos regulares da Rússia para o Brasil

Foto: Divulgação

As empresas aéreas russas buscam novos horizontes no pós-pandemia e almejam rotas inéditas no Caribe e América. O Brasil está nos planos de, pelo menos, uma delas.

Segundo pontua nosso parceiro Aviacionline, a autoridade de aviação russa Rosaviatsiya concedeu as autorizações, por meio do despacho nº 501-P para que a Azur Air possa realizar algumas rotas ligando a Rússia ao Brasil. Embora ainda dependam de aprovação no Brasil, o fato de a companhia aérea demonstrar interesse nos trechos é uma boa notícia.

As rotas aprovadas são:

– Yekaterinburg – Rio de Janeiro, um voo por semana
– Kazan – Rio de Janeiro, semanalmente
– Moscou – Rio de Janeiro, com duas frequências semanais
– São Petersburgo – Rio de Janeiro, semanalmente.

O mercado internacional russo caiu devido às restrições sanitárias de seus destinos habituais no Sudeste Asiático. As companhias aéreas que se dedicam ao serviço de destinos turísticos e de lazer, como a Azur Air, foram as mais afetadas, tendo em conta que este nicho representa o principal movimento internacional do gigante eurasiático.

Devido a esta situação, as empresas russas procuram novos rumos para encontrar a sua subsistência. Obviamente, eles escolheram a América Latina e o Caribe, onde as restrições sanitárias são mais baixas. A maioria dos roteiros solicitados nesta região são praianos e altamente turísticos.

Recentemente, eles solicitaram mais voos para o México, República Dominicana e Cuba, e também para à Venezuela .

Atualmente não há voos regulares entre o Brasil e a Rússia, apesar de em 2019 ter sido registrada a entrada de 24.931 turistas russos no Brasil, segundo o Ministério do Turismo. A última companhia aérea a operar uma ligação entre os dois países foi a Transaero, quando pousou no Rio de Janeiro em 2011.