Boeing 767 da FedEx acaba na grama após pouso em Vancouver

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Um Boeing 767 da companhia aérea norte-americana FedEx envolveu-se em um incidente na manhã dessa quinta-feira, 18 de junho, enquanto taxiava em Vancouver, Canadá.

Segundo reportou o portal Western Aviation News, a ocorrência se deu na manhã de ontem enquanto o jato de cargas taxiava após chegar de Memphis, base da FedEx nos EUA, no voo de número FX-142.

Dados do site de rastreamento FlightRadar24 indicam que a aeronave que cumpriu o voo 142 foi o Boeing 767-300F de matrícula N150FE, pousando em Vancouver às 6:39, horário local. É possível notar, na imagem do radar a seguir, o local em que ocorreu a saída para a grama:

FlightRadar24 Voo FedEx 142 Incidente Taxiway Vancouver
Radar mostra o ponto em que o 767 saiu para a grama – FlightRadar24

Pela imagem, é possível inferir que houve algum problema no momento em que os pilotos alinhariam o avião na taxiway após efetuar a curva de saída da taxiway anterior.

A mudança de direção de um avião em solo costuma ser feita de duas maneiras principais: via controle do trem de pouso de nariz, no manejo dos pedais através dos pés dos pilotos; ou via aplicação diferencial de freios nas rodas do trem de pouso principal, também através dos pedais pelos pés dos pilotos.

Porém, não é possível chegar a qualquer conclusão sobre a causa apenas pelas imagens, sendo necessário aguardar uma possível investigação que venha a ocorrer sobre o incidente.

Segundo o West Aviation, um porta-voz da FedEx comentou o caso em um e-mail: “O voo 142 da FedEx Express de Memphis para Vancouver, Colúmbia Britânica, experimentou um evento enquanto taxiava até o gate. A aeronave foi rebocada e a manutenção está avaliando. Não houve feridos.”

Os registros do FlightRadar24 mostram que o Boeing 767 apenas voltou a se mover até o pátio de Vancouver por volta das 11:20, ou seja, mais de 4 horas e meia depois do problema.

Até a publicação dessa matéria na manhã dessa sexta-feira, o N150FE permanece em solo em Vancouver.

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias