Por que um Boeing 767 nas cores da TAM está voando para uma base militar em Cingapura?

Mais um Boeing 767 da Latam, desta vez ainda com as cores vermelhas da TAM, está indo para a Ásia, só que desta vez para uma base militar.

As idas e vindas dos Boeings 767 da LATAM pelo Pacífico têm chamado a atenção de entusiastas que acompanham as ferramentas de monitoramento de voos. Na última semana, o AEROIN comentou a passagem de uma aeronave pelo Havaí, a caminho do Aeroporto Internacional Changi, em Cingapura, e agora há outro avião a caminho.

Desta vez, o jato vai para Cingapura, só que para a base militar de Paya Lebar, onde ficam baseados caças Boeing F-15SG Strike Eagles. Esse é um dos quatro aeroportos da cidade-estado de Cingapura, e apesar de ser uma área militar, também recebe voos civis ocasionalmente, já que possui um centro de manutenção e conversão certificado pela Boeing.

Justamente por isso é que o Boeing 767, da matrícula PT-MSV e construído em 2012, seguiu para lá. A conversão do avião de passageiros para carga faz parte do plano de expansão da frota cargueira da Latam e será um dos oito jatos desse modelo a passar pela transformação.

Com indicativo de chamada no rádio OMD-154, o 767 decolou de Bogotá para o Havaí, de onde segue para Cingapura. O translado está a cargo da Nomadic Aviation, que compartilhou fotos do início da jornada.

Trajetória do voo após sair da Colômbia – RadarBox
Carlos Martins
Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

LATAM deve pagar até 1,5 salário de participação de resultados para...

0
Uma das maiores companhias aéreas do país, a LATAM, anunciou que voltará a pagar participação de lucros para seus funcionários.