Início Indústria Aeronáutica

Boeing 777 com motor PW4000 acaba de ser reativado no Japão, mas apenas pela ANA

A empresa aérea japonesa All Nippon Airways (ANA) retomou no dia 23 de junho a operação do Boeing 777 equipado com o motor Pratt & Whitney PW4000. O primeiro voo, após o levantamento das restrições do modelo, aconteceu na rota entre Tóquio e Fukuoka, com o número de voo NH-255.

Em março, a norte-americana FAA emitiu uma Diretiva de Aeronavegabilidade para a volta da aeronave com essa motorização aos céus. No mesmo mês, o Japão, outro país cujas empresas possuem jatos do modelo, seguiu na mesma direção, liberando o triplo-sete, após concluídas algumas inspeções. O regulador japonês ordenou que os operadores aumentem as inspeções das pás do fan do motor, reforcem as tampas de entrada e realizem os reparos necessários para evitar risco de incêndio. 

Sobre esse caso, é importante lembrar que todos os Boeings 777 com motor PW4000 foram proibidos de voar nos EUA, Japão e outros locais do mundo, após uma falha não contida no motor de uma unidade operada pela United Airlines, em fevereiro de 2021. Na época, o jato que voava com destino a Honolulu sofreu um estouro no motor, que resultou em pedaços grandes caindo do céu sobre uma cidade do interior do estado americano do Colorado.

À época, a decisão suspendeu vinte aeronaves operadas pela ANA e treze pela JAL.

– Todas as aeronaves JAL foram aposentadas. Inicialmente, estava planejado aposentar sete aeronaves, mas o cronograma foi avançado e a aeronave Airbus A350 substituiu o modelo da Boeing.

– Assim, a ANA é a única companhia aérea nacional do Japão que possui um 777 equipado com motor PW4000, todos eles voando em rotas domésticas. Era esperado que apenas uma pequena parte retornasse aos voos, mas a empresa ampliou o escopo e espera voar com dois 777-200, oito 777-200ER e cinco 777-300ER co esse motor, totalizando 15 jatos.

Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.
Sair da versão mobile