Boeing solta combustível sobre escola de Los Angeles e crianças passam mal

Um Boeing 777 da Delta precisou pousar logo após a decolagem, e para reduzir peso, soltou combustível sobre Los Angeles, atingindo crianças em uma escola.

Boeing Los Angeles
Boeing 777 solta combustível sobre Los Angeles © Matt Hartman – Los Angeles Aviation Spotters

O Boeing 777-200ER de matrícula N860DA tinha acabado de decolar do Aeroporto Internacional de Los Angeles (LAX) rumo à Xangai, na China, quando sofreu um estol no compressor de alta pressão em um dos seus motores.

O incidente ocorreu quando o jato cruzava a altitude de 7.775 pés e estava a 362 nós de velocidade, segundo dados do FlightRadar. Devido à probabilidade da situação ficar pior com um estouro deste motor, a tripulação decidiu declarar emergência e retornar ao LAX.

Para reduzir o peso e permitir um pouso mais próximo possível do peso máximo de pouso (MLW), a tripulação optou por fazer o processo chamado de dumping fuel. O pouso acima do MLW pode danificar permanentemente a aeronave e causar outros acidentes.

No Boeing 777 existem duas “mangueiras” nas extremidades das asas, e quando o procedimento é ativado da cabine, o combustível que está no tanque é descartado no ar através destas mangueiras.

Dos aviões atuais, apenas os maiores (do 767 e A330 em diante) possuem este sistema. Por via de regra, este procedimento só pode ser feito com autorização do controle aéreo e fora de área habitada. No caso, como era uma emergência, os pilotos ficaram sem opção e tiveram que fazer o procedimento sobre a cidade, já retornando imediatamente para o LAX.

777 Los Angeles

Na trajetória da escola

Flight path of Delta 89, which dumped fuel over Cudahy, California on Jan. 14, 2020
Trajetória do jato com dados do FlightRadar24 e mostrando a localização da escola © LA Times

Já durante a aproximação e ainda soltando combustível no ar, o Boeing sobrevoou a escola de ensino fundamental Park Avenue, que fica na pequena cidade de Cudahy (praticamente um distrito) na região centro-sul de Los Angeles.

Ao todo, 17 crianças e 9 adultos foram contaminados com o combustível da aeronave, que ocasionou irritação na pele dos pequeninos. Nenhuma pessoa foi levada para o hospital, segundo o Departamento de Bombeiros de Los Angeles – LAFD.

Park Avenue Elementary School in Cudahy
Bombeiros na escola Park Avenue © KTLA

O jato pousou sem nenhum problema adicional e foi assessorado pelos bombeiros do LAX. Até o momento, nem a Delta nem o Los Angeles World Airports se pronunciaram sobre o assunto.

Mais tarde, a FAA emitiu um comunicado via Twitter

Com Informações da Assessoria de Imprensa do LAFD

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Americanos dizem que não foram eles que vazaram dados da investigação...

0
A Administração de Aviação Civil da China (CAAC) disse ao diário estatal chinês Global Times na quarta-feira (18), que confirmou