Boeing vs Airbus: 2 aeronaves colidem asas e deixam pista impraticável

Cena do vídeo que você verá logo abaixo

Duas aeronaves acabaram danificadas após uma colisão no solo do Aeroporto de Hollywood Burbank, na região de Los Angeles, e passageiros que iriam embarcar tiveram seus voos atrasados.

A ocorrência aconteceu na manhã da última sexta-feira, dia 20 de agosto, com o Airbus A320 registrado sob a matrícula N837VA, da Alaska Airlines, que estava estacionado após chegar de Portland no dia anterior, e o Boeing 737-800 de matrícula N954NN, da American Airlines, que iria realizar um voo para Phoenix, no Arizona.

Segundo informações do site My Burbank, o incidente aconteceu no momento em que o Boeing 737 estava sendo rebocado para o terminal A e, ainda por motivos não especificados, colidiu seu winglet com a ponta da asa do Airbus A320.

A Administração Federal de Aviação (FAA) comentou que no momento da colisão, às 06h20 (horário local), não havia passageiros a bordo das duas aeronaves. A pista de cabeceiras 15 e 33, a principal do aeroporto, ficou impraticável temporariamente durante a ocorrência devido à proximidade do local do incidente com a lateral da pista. As operações prosseguiram na pista 8 e 26 com algum atraso.

Veja abaixo um vídeo gravado por uma emissora local, que mostra as duas aeronaves com suas asas encostadas, no qual se nota que a asa esquerda do Boeing 737 ficou além da faixa amarela e preta que delimita a área de segurança da pista:

Em nota, a Alaska Airlines disse:

“A aeronave da Alaska Airlines estacionada em um portão do Aeroporto Hollywood Burbank foi atropelada esta manhã por outra aeronave que estava sendo rebocada. Nenhum passageiro ou tripulação estava a bordo de qualquer avião no momento do incidente. A aeronave da Alaska, um Airbus 320, estava programada para ser o voo 1475 de Burbank a Portland; foi cancelado. As equipes de manutenção continuam inspecionando e avaliando as condições do avião. A outra aeronave estava impactando as operações no aeroporto, impedindo a pista mais longa, que foi fechada.”

A American Airlines também emitiu uma nota à imprensa dizendo:

“Em 20 de agosto, uma aeronave Boeing 737-800 da American Airlines fez contato com uma aeronave próxima ao ser rebocada até o portão. Não havia clientes a bordo e não há feridos relatados. A aeronave foi retirada de serviço para manutenção e todos os clientes foram reacomodados em voos posteriores. Pedimos desculpas aos nossos clientes por qualquer inconveniente que isso tenha causado.”

Leia mais:

Juliano Gianotto
Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

Boliviana de Aviación manterá voos entre Cochabamba e São Paulo ao...

0
A Boliviana de Aviación, companhia aérea estatal boliviana, confirmou que manterá seus voos regulares entre Cochabamba e São Paulo (Guarulhos)