Brasil e Europa divulgam comparação de desempenho entre seus tráfegos aéreos

Como parte do acordo de cooperação entre o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) e a EUROCONTROL, foi publicado o primeiro relatório comparando o desempenho operacional no Brasil e na Europa.

A comparação de desempenho é um elemento vital para auxiliar na tomada de decisão, fornecendo percepções sobre como funcionam os diferentes sistemas de navegação aérea.

Com base em indicadores estabelecidos internacionalmente, o estudo explora as características do tráfego e identifica as semelhanças e diferenças em termos de gerenciamento de tráfego aéreo e os fatores que influenciam o desempenho operacional.

Este relatório é composto por duas partes: uma descrição do desempenho operacional no Brasil e na Europa para os anos 2016-2019, que retrata a situação do país no período pré-COVID; e uma descrição das características do sistema regional em termos de evolução do tráfego e demanda durante a crise da COVID-19, ou seja, considerando os efeitos da pandemia em 2020 até o primeiro semestre de 2021.

No geral, o espaço aéreo continental no Brasil é cerca de 25% menor do que na Europa, e a demanda de tráfego e sua distribuição são fundamentalmente diferentes. As localidades foram fortemente afetadas em 2020, com a diminuição do tráfego em cerca de 47% no Brasil e 60% na Europa.

“Atualmente, a eficiência ATM está diretamente relacionada à medição de desempenho, a qual permite identificar possibilidades de melhorias e boas práticas que vão beneficiar o Sistema de Aviação Brasileira como um todo. Este acordo de cooperação com a EUROCONTROL é mais uma oportunidade de avaliar e comparar a performance do Brasil com as entidades internacionais e nortear ações para a evolução contínua do gerenciamento de tráfego aéreo em nível mundial”, destacou o Brigadeiro do Ar Eduardo Miguel Soares, Chefe do Subdepartamento de Operações (SDOP) do DECEA.

A confecção deste relatório do SISCEAB contou com uma importante participação do Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA), ICEA, CRCEA-SE e do Escritório Brasileiro de Ligação na EUROCONTROL, configurando-se como um importante passo que reflete o conhecimento produzido ao longo dos anos no quesito Indicadores de Performance ATM do SISCEAB.

O relatório Comparativo COVID 2020-2021 pode ser acessado clicando aqui.

O Relatório Comparativo 2016-2019 pode ser acessado clicando aqui.

Os relatórios também são disponibilizados no link:
https://ansperformance.eu/global/brazil/bra-eur

Informações do DECEA

Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias