British Airways suspende o voo mais longo operado pelo Airbus A318

A British Airways decidiu por cancelar temporariamente a rota mais longa operada pelo pequeno Airbus A318, o menor dos jatos da família A320.

Segundo informações do portal AirlineRoute, a empresa removeu do sistema de reservas o voo entre o aeroporto London City e Nova Iorque (JFK), que era operada pelo Airbus A318.

O voo carregava o icônico número BA001 e BA002, os mesmos utilizados pelo suspersônico Concorde entre as duas cidades no passado. A numeração especial leva em conta o público do voo, que é focado em empresários americanos e britânicos, que se deslocam em viagens de negócios.

Para tanto, o pequeno A318, apelidado carinhosamente de BabyBus pelos seus operadores e tripulantes, tem apenas 32 assentos, todos em configuração de classe executiva. Para se ter uma noção do espaço disponível, o A318 poderia levar até 132 passageiros, se forsse configurado como classe econômica.

Mais leve

Menos passageiros significa menor peso, logo o A318 ganhava ainda mais performance e podia operar a partir do pequeno aeroporto London City para o exterior, sem muitas restrições: a pista no aeroporto central de Londres tem apenas 1.508 metros de comprimento, pouco maior do que a do Santos Dumont, no Rio de Janeiro.

Visando atrair os empresários de Londres que queriam evitar o trânsito para chegar no Heathrow ou Gatwick (o que pode durar mais de uma hora), a British criou essa rota, que faz escala em Shannon, na Irlanda.

A escala é necessária já que, apesar de toda a performance do A318, o jato não conseguiria sair de London City com o máximo de combustível. Por outro lado o aeroporto de Shannon conta com um posto de imigração dos EUA, onde os passageiros já faziam os trâmites alfandegários na Irlanda mesmo, não sendo necessário passar na alfândega quando pousavam em Nova Iorque, já no terminal de voos domésticos.

Esta facilidade sempre atraiu diversos empresários, que no voo de volta podiam desfrutar de um voo sem escalas do JFK para o London City, já que o aeroporto americano tem pistas bem maiores e permitem uma decolagem com o avião mais pesado. O voo de volta, BA002 é o mais longo feito por um A318 na história.

A suspensão do voo se dará entre 24 de março e 25 de outubro. Apenas duas aeronaves fazem esta rota, de matrículas G-EUNA e G-EUNB. Não se sabe qual será o destino delas durante esta paralisação, que foi tomada devido à baixa demanda causada pelo coronavírus e a proibição de europeus não britânicos de entrarem nos EUA.

Carlos Martins
Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Azul faz uma pausa na rota entre São José do Rio...

0
A Azul Linhas Aéreas informa que em breve voltará a fornecer conexão aérea direta entre a cidade de São José do Rio Preto e a de Confins.