Caminhão se torna barreira e evita que enorme avião 747-8F caia no barranco

Imagem: Reprodução / Mike Nederbrock / Alaska’s News Source

Uma ocorrência de solo nesta segunda-feira, 1º de agosto, resultou em danos a um grande avião Boeing 747-8F (cargueiro), mas que poderiam ser ainda piores se um caminhão não estivesse no caminho para servir de barreira.

A ocorrência se deu no Aeroporto Internacional Ted Stevens, em Anchorage, no Alasca (EUA), com o Jumbo Jet registrado sob a matrícula HL7609, operado pela companhia aérea sul-coreana Korean Air Cargo.

Segundo reporta o portal Alaska’s News Source, o chefe de polícia e dos bombeiros do aeroporto, Aaron Danielson, disse que o avião de carga estava sendo rebocado por pessoal de serviços de solo da Pegasus Aviation Services pouco antes das 9h30, mas, quando a barra de reboque foi removida, ele começou a se mover.

Conforme as imagens, nota-se que a seção dianteira do avião colidiu com um caminhão de plataforma elevatória da FedEx, que foi empurrado até atingir também a cerca perimetral antes da parada da aeronave. O motor externo direito do Jumbo também atingiu a cerca.

Aparentemente, caso não houvesse o caminhão, o grande avião poderia ter ultrapassado a cerca e descido o barranco logo ao lado, e a asa esquerda também atingiria o hangar de manutenção da FedEx visto nas imagens.

Ninguém ficou ferido na ocorrência, e ainda não há informações sobre a severidade dos danos ao Boeing 747-8F.

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Esquadrilha da Fumaça faz turnê no Nordeste na próxima semana com...

0
Entre o final de agosto e o início de setembro, a Esquadrilha da Fumaça tem agendada uma série de apresentações em cinco capitais