Cantora arrecada alimentos para afegãos no aeroporto de Guarulhos

Mãe e filha afegãs próximas à abrigo improvidaso em Guarulhos – Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Em meio a uma situação de caos no aeroporto de Guarulhos (SP), mais de 100 afegãos acampam no Terminal 2, fugidos de seu país por conta da ascensão do grupo extremista e terrorista Talibã ao poder em 15 de agosto de 2021. Eles esperam assistência, como visto humanitário por parte do Governo Federal e abrigo pela Prefeitura de Guarulhos e, enquanto isso, ações beneficentes se destacam.

Um desses exemplos foi reportado recentemente pelo site g1, quando a estrela da música Pabllo Vittar arrecadou mais de meia tonelada de alimentos para os refugiados do aeroporto, que foram entregues na sexta-feira da semana retrasada, dia 28 de outubro.

Para o portal, a ativista Swany Zenobini, que acompanha a situação desses imigrantes no aeroporto Governador André Franco Montoro, ratificou a importância do ato: “Pabllo foi a primeira artista que fez uma ação direcionada para afegãos. Isso foi incrível“.

O Brasil se tornou destino de muitos afegãos desde que, em setembro do ano passado, foi publicada uma portaria interministerial autorizando o visto temporário e a autorização de residência por razões humanitárias.

A emissão de vistos para cidadãos afegãos começou em setembro de 2021, por meio de uma Portaria Interministerial que autorizou o visto temporário e a autorização de residência por razões humanitárias para nacionais afegãos, apátridas e pessoas afetadas pela situação de violência no Afeganistão”, explicou o defensor público federal Guillermo Rojas de Cerqueira César.

Cresce número de afegãos em Guarulhos

Desde janeiro, o Posto Avançado de Atendimento Humanizado ao Migrante, instalado no aeroporto, já havia atendido 1.138 afegãos. Somente em outubro, 237 passaram pelo posto buscando ajuda.

Por causa desse aumento na demanda, a prefeitura de Guarulhos abriu uma residência transitória para migrantes e refugiados, com capacidade para abrigar 27 pessoas. No entanto, o local está lotado. No dia 7 de outubro, para acolher emergencialmente famílias afegãs com idosos, deficientes e grávidas, foram abertas 20 novas vagas. Mas isso ainda é insuficiente para atender a demanda que cresce a cada dia.

Com informações da Agência Brasil

Leia também:

Arthur Gimenes Prado
Arthur Gimenes Prado
Estudante do Ensino Médio, foi repórter na TV Cultura Paulista e Rádio Morada do Sol FM, também com passagem como colunista no Portal do Andreoli e participações especiais na Record News, Rádio CBN e EPTV.

Veja outras histórias

Após pouso duro e 1 mês fora de serviço, Boeing 747...

0
Felizmente para a companhia aérea e para os que admiram os Boeings 747, o equipamento pôde ganhar os céus novamente.